Tratamento de sementes de híbridos de milho com fluquinconazol

Authors

  • Viviane Moreira Alves UFU
  • Fenando Cezar Juliatti UFU

Keywords:

Zea mays, Ferrugem Comum, Cercospora-zeae maydis, Fungicidas.

Abstract

A evolução na incidência e severidade das doenças na cultura do milho (Zea mays), tornou-se um entrave para o aumento da produtividade e da produção brasileira deste grão. Com isso o uso de fungicidas tem sido cada vez mais constante. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o fungicida fluquinconazol em tratamento de sementes de diferentes híbridos de milho no controle da ferrugem comum e cercosporiose do milho. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 8 (híbridos) x 4 (fungicida) feito em 3 repetições. Foram avaliadas a porcentagem de plântulas emergidas, a incidência, a severidade, a evolução das doenças, a AACPD e também a tolerância dos híbridos às doenças ocorridas. Dos resultados obtidos verificou-se que o uso de fluquinconazol no tratamento de sementes de milho é eficaz para diminuir a severidade e o progresso de cercosporiose e de ferrugem comum na dose de 0,34g i.a.500g de sementes-1. O uso de fluquinconazol no tratamento de sementes em milho reduziu a porcentagem de emergência em até 2,4%.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Viviane Moreira Alves, UFU

Aluna do curso de Agronomia - UFU

Published

2010-11-11

How to Cite

MOREIRA ALVES, V. and CEZAR JULIATTI, F., 2010. Tratamento de sementes de híbridos de milho com fluquinconazol . Bioscience Journal [online], vol. 26, no. 6. [Accessed24 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7240.

Issue

Section

Agricultural Sciences