Inquérito soroepidemiológico sobre a infecção chagásica em doadores de sangue na região do Alto Paranaíba, Minas Gerais

Authors

  • Luciana Pereira Silva Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”
  • Regildo Márcio Gonçalves Silva Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Abstract

Esse estudo tem como objetivo avaliar a soroprevalência de infecção pelo Trypanosoma cruzi em doadores de sangue do núcleo Regional de Patos de Minas da Fundação Hemominas, MG, no período de 1996 a 2006, usando os testes Ensaio Imunoenzimático (ELISA) e Hemaglutinação Passiva Reversa (HPR). Através de estudo retrospectivo no período de 1996 a 2006, foi analisado o resultado sorológico dos 21.787 doadores onde 259 (1,2%) foram soropositivos para a infecção chagásica e o maior número de soropositividade foi encontrado no grupo de 41-50 anos. Do total de doadores analisados 15.143 (69,5%) foram do sexo masculino e 6.644 (30,5%) do sexo feminino apresentando uma taxa de soroprevalência de 170 (0,8%) e 89 (0,4%) respectivamente. O inquérito soroepidemiológico mostrou que ainda prevalecem as taxas de transmissão da doença de Chagas conhecidas no Brasil.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2010-10-27

How to Cite

SILVA, L.P. and SILVA, R.M.G., 2010. Inquérito soroepidemiológico sobre a infecção chagásica em doadores de sangue na região do Alto Paranaíba, Minas Gerais . Bioscience Journal [online], vol. 26, no. 5, pp. 824–827. [Accessed2 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7178.

Issue

Section

Health Sciences