Fluxo gênico em soja na regiâo do sul de Minas Gerais

Authors

  • Ernani Clarete da Silva Universidade de Alfenas
  • Gabriel Mascarenhas Maciel Universidade Federal de Lavras

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar a taxa de fluxo gênico entre soja GM e convencional, no município de Alfenas , no Sul de Minas Gerais. O experimento foi instalado no município de Alfenas- MG no Setor de Olericultura e Experimentação da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS, no período de outubro de 2004 a novembro de 2005. Foram utilizadas duas cultivares de soja (Glycine max): uma cultivar tradicional, não tolerante ao herbicida glyphosate (variedade Conquista) e outra cultivar, que sofreu transformação genética (cultivar Valiosa) resistente a molécula de glyphosate. A área experimental foi delineada por plantio em círculos concêntricos com raios de 1, 2, 3, 4 m para a cultivar não - trangênica e 5 m para a cultivar transgênica. Plantas retiradas ao acaso de ambas as populações receberam uma aplicação de glyphosate veiculado pelo produto comercial Roundup na dose de 01 L.ha-1 quando alcançaram o estádio V3, com o objetivo de certificação da resistência ao herbicida. O fluxo gênico em soja acontece a taxas baixas nas condições de Alfenas - MG. Entretanto indica um potencial de contaminação em material não - transgênico em plantios muito próximos.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2010-09-01

How to Cite

SILVA, E.C. da and MACIEL, G.M., 2010. Fluxo gênico em soja na regiâo do sul de Minas Gerais . Bioscience Journal [online], vol. 26, no. 4, pp. 544–549. [Accessed7 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7133.

Issue

Section

Agricultural Sciences