Biomassa microbiana do solo e produção de alface em função da dose de N e adubo orgânico

Authors

  • Cícero Célio de Figueiredo Universidade Federal de Goiás (UFG), Escola de Agronomia e Engenharia de Alimen
  • Maria Lucrécia Gerosa Ramos Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária.

Keywords:

Lactuca sativa. Nitrogênio. Matéria orgânica

Abstract

O objetivo deste trabalho foi estudar a biomassa microbiana do solo e a produção de alface em função da dose de adubo organomineral. Utilizou-se o delineamento estatístico de blocos ao acaso com quatro repetições totalizando vinte parcelas. Cada parcela experimental que ocupa uma área de 2m2 recebeu 10 kg de esterco bovino de curral curtido (50 Mg ha-1). Além da adubação orgânica, as parcelas receberam doses de nitrogênio mineral (0, 25, 50, 100 e 200 g m-2 de sulfato de amônio). A comparação das médias foi feita pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Independente da dose de adubação nitrogenada adicionada ao esterco, o solo apresentou alto quociente metabólico e baixa razão porcentual Cmic:Corg. A adição de 10 kg N ha-1 ao esterco promoveu maiores valores do carbono da biomassa microbiana do solo. A adição de 20 kg N ha-1 promoveu maior massa fresca e as doses de N não afetaram a altura, o diâmetro e a massa seca da alface.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2009-06-18

How to Cite

DE FIGUEIREDO, C.C. and GEROSA RAMOS, M.L., 2009. Biomassa microbiana do solo e produção de alface em função da dose de N e adubo orgânico. Bioscience Journal [online], vol. 25, no. 3. [Accessed29 November 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6903.

Issue

Section

Artigos