Produtividade do pimentao em funcao da profundidade de transplante das mudas e da conducao das plantas

Authors

  • Natan Fontoura da Silva UFG
  • Peter Ernst Sonnenberg UFG
  • Pitagoras Diniz Eng. Agronomo

Keywords:

Capsicum annuum, Transplante profundo, Amontoa, Tutoramento, Produtividade de frutos.

Abstract

Na cultura do pimentão, no Brasil, costuma-se usar tutoramento para evitar o acamamento das plantas e conseqüente perda de frutos por podridão e queima pelo sol. Como alternativa do tutoramento pode-se usar o transplante profundo das mudas, a amontoa das plantas ou outros meios para manter as plantas em pé. A viabilidade de substituição do tutoramento em cultura de pimentão foi estudada em dois experimentos realizados na horta da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Go, em 2001 e 2002, entre maio e outubro. Foram estudados os seguintes tratamentos: Transplante, enterrando apenas o torrão das mudas e posterior tutoramento das plantas (TT); transplante profundo, enterrando as mudas até a inserção da primeira folha verdadeira, sem tutoramento das plantas (PS); transplante profundo, enterrando as mudas até a inserção da primeira folha verdadeira e fazendo mais tarde a amontoa das plantas, sem tutoramento (PAS). O delineamento experimental foi blocos casualizados com três tratamentos e seis repetições (duas por bloco). Plantou-se a cultivar Magda; por mudas produzidas em bandejas de isopor de 200 células. Não houve diferença significativa entre os tratamentos, quanto à produção comercial de frutos em kg.ha-1 e números de frutos.ha-1, nem quanto ao peso médio dos frutos, nos dois anos, justificando a substituição do tutoramento pelo transplante mais profundo nas condições e épocas dos experimentos.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2007-01-30

How to Cite

FONTOURA DA SILVA, N., ERNST SONNENBERG, P. and DINIZ, P., 2007. Produtividade do pimentao em funcao da profundidade de transplante das mudas e da conducao das plantas. Bioscience Journal [online], vol. 22, no. 2. [Accessed5 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6721.

Issue

Section

Artigos