Populacao microbiana como indicadora de interferencia de diferentes manejos de solos de cerrado com cultivo de soja

Authors

  • Camila Mendes Bernardes UFU
  • Maria Amelia dos Santos UFU

Keywords:

Glycine max, Microorganismos, Actinomicetos, Bactérias esporulantes, Leveduras, Solubilizadores de fosfato.

Abstract

Conduziu-se experimento na Fazenda do Glória e no Laboratório de Nematologia Agrícola do Instituto de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Uberlândia, com objetivo de isolar e quantificar actinomicetos, bactérias esporulantes, celulolíticos, leveduras e solubilizadores de fosfato presentes no solo. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com sete tratamentos e quatro blocos. Os tratamentos foram constituídos de sete diferentes combinações de modos de aplicação de calcário e/ou gesso com e/ou sem mecanização para a incorporação do calcário e gesso. As parcelas foram cultivadas com a soja "Conquistaâ€? e avaliadas nas épocas de semeadura, estádio vegetativo e colheita. As amostras de solo coletadas, foram homogeneizadas e passadas em peneira de 20 mesh. Dez gramas de solo foram adicionados a 90 mL de água, constituindo assim a diluição para celulolíticos (10-1). Agitou-se a 200 rpm por 15 min, e posteriormente diluiu-se para a concentração 10-2 que foi usada para solubilizadores de fosfato e leveduras, e para 10-3, no isolamento de actinomicetos e bactérias esporulantes. Posteriormente, ocorreu o plaqueamento colocando-se 0,1 mL da diluição por placa e incubação a 25ºC. O número de unidades formadoras de colônias (UFC) foi determinado 24 a 48 h para bactérias esporulantes, 3 a 5 dias para leveduras, 5 a 7 dias para actinomicetos e 10 a 15 dias para celulolíticos e solubilizadores de fosfato, após o plaqueamento. O comportamento das populações dos microrganismos estudados não dependeu do manejo aplicado ao solo, mostrando diferenças apenas entre as épocas avaliadas. Para cada microrganismo, o comportamento populacional nas três épocas, foi variável conforme características biológicas próprias de cada um deles associadas às condições químicas e físicas do solo.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2007-01-30

How to Cite

MENDES BERNARDES, C. and AMELIA DOS SANTOS, M., 2007. Populacao microbiana como indicadora de interferencia de diferentes manejos de solos de cerrado com cultivo de soja. Bioscience Journal [online], vol. 22, no. 2. [Accessed2 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6711.

Issue

Section

Artigos