Formação da veia porta e de suas tributárias em gatos sem raça definida (Felis catus, Linnaeus 1758)

Authors

  • Rosana Marques Silva FAV/UnB
  • Izabela Longo Menezes UnB
  • André Luiz Quagliatto Santos UFU

Keywords:

Veia porta, Gatos, Fígado.

Abstract

trabalhamos com 30 gatos, em cada animal isolamos a veia porta, injetamos solução fisiológica para lavar a veia porta e suas tributárias, e látex Altamira corado. Prosseguimos com a fixação das peças com solução aquosa de formol a 10,00%. Após dissecação, observamos a veia porta sendo formada por 4 tributárias em 23,33%; 5 tributárias em 53,33%; 6 tributárias em 16,67% e 7 tributárias em 6,67% dos animais estudados, sendo as veias lienal, mesentérica cranial e mesentérica caudal em todas as observações, pancreaticoduodenal caudal em 30,00%, gastroduodenal em 90,00%, gástrica esquerda em 3,33%, pancreaticoduodenal média em 3,33%, pela gástrica direita e gastroepiplóica direita formando um tronco comum em 3,33%, gástrica direita em 60%, ramos pancreáticos em 6,67% e pancreaticoduodenal cranial em 10%. A veia lienal é formada por 5 tributárias em 96,67% e 7 tributárias em 3,33% dos animais, as veias gastroepiplóica esquerda, pancreáticas, gástricas breves, gástrica direita, gástrica esquerda, gastroepiplóica direita e ramos provenientes do baço. A veia gastroduodenal é formada por 3 tributárias em 26,67% e por 2 tributárias em 63,33% dos gatos, as veias gástricas direita, gastroepiplóica direita e pancreaticoduodenal cranial. As veias pancreaticoduodenal cranial e a caudal são formadas por ramos oriundos do baço e duodeno. A veia mesentérica cranial é formada por 4 tributárias em 33,33% e 5 tributárias em 66,67% das peças, as veias jejunais, ileocólica, cólica média, pancreaticoduodenal caudal e cólica direita. A veia mesentérica caudal é formada por 2 tributárias em todos os animais, as veias cólica esquerda e retal cranial. ]

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2008-03-06

How to Cite

SILVA, R.M., LONGO MENEZES, I. and LUIZ QUAGLIATTO SANTOS, A., 2008. Formação da veia porta e de suas tributárias em gatos sem raça definida (Felis catus, Linnaeus 1758). Bioscience Journal [online], vol. 24, no. 1. [Accessed19 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6709.

Issue

Section

Artigos