Efeitos da administração de dexametasona in vivo sobre glicemia, insulinemia e substratos circulantes são dependentes do tempo de tratamento

Authors

  • Camilo de Lellis Santos ICB-USP
  • Alex Rafacho IB-UNICAMP
  • José Roberto Bosqueiro FC-UNESP

Keywords:

arboidratos, Glicocorticoides, Gorduras, ProteInas, Ratos, Tempo-dependente

Abstract

Terapias a base de glicocorticóides estão freqüentemente associadas a alteração da sensibilidade à insulina. No presente trabalho avaliamos alguns parâmetros metabólicos como glicose, insulina, proteínas e colesterol plasmáticos em ratos tratados com dexametasona (DEX) (1mg/kg, peso corpóreo, ip.) por diferentes períodos de tempo (24h, 72h e 120h). Os ratos tratados com dexametasona apresentaram resistência periférica à insulina após 24h de administração da droga como indicam os valores de insulina plasmática de jejum (1,3 ± 0,35 vs. 6,8 ± 2,2 ng/ml para ratos controle [CTL] e DEX, respectivamente; P < 0,05) e do índice HOMA. Resistência periférica à insulina adicional ocorre até o final do quinto dia de tratamento nos ratos DEX. Os valores de glicemia permanecem moderadamente elevados até o período de 72h. Entretanto, observa-se marcante hiperglicemia após 120h (79 ± 4 vs. 160 ± 18,7 mg/dl para ratos CTL e DEX, respectivamente; P < 0,05). Aumento significativo dos níveis de proteínas totais e albuminas plasmáticas ocorre a partir de 72h de tratamento (P < 0,05) e de colesterol total a partir de 120h (P < 0,05). Glicogênio e gordura hepáticos aumentam de maneira tempo-dependente nos ratos DEX (P < 0,05). Correlação negativa foi observada entre os valores de insulinemia de jejum e peso nos grupos tratados com dexametasona (r > 0,95). Portanto, administração de dexametasona, 1mg/kg, induz resistência periférica à insulina de maneira tempo-dependente a partir de 24h e aumento dos níveis circulantes de glicose e proteínas plasmáticos após 72h de tratamento.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2007-09-18

How to Cite

DE LELLIS SANTOS, C., RAFACHO, A. and ROBERTO BOSQUEIRO, J., 2007. Efeitos da administração de dexametasona in vivo sobre glicemia, insulinemia e substratos circulantes são dependentes do tempo de tratamento. Bioscience Journal [online], vol. 23, no. 3. [Accessed2 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6681.