Estado Nutricional da laranja pêra na região central do estado do Goiás avaliada pelas análises foliar e do solo

Authors

  • João das Graças Santana CEFET-RV
  • Wilson Mozena Leandro UFG
  • Ronaldo Veloso Naves UFG
  • Patrícia Pinheiro da Cunha UFG
  • Anísio Corrêa Rocha CEFET-RV

Keywords:

Citros, Diagnose foliar, Analise de terra

Abstract

O Brasil ocupa lugar de destaque na citricultura mundial, sendo a laranja Pêra a cultivar mais plantada por atender tanto à indústria quanto ao mercado in natura. O diagnóstico nutricional é fundamental na condução de um pomar cítrico, pois o manejo nutricional é um importante fator de produção, principalmente no cerrado onde os solos apresentam elevada acidez e baixa reserva de nutrientes. Com o objetivo de diagnosticar os fatores nutricionais mais limitantes à obtenção de altas produtividades para a cultura da laranja, pelas análises de terra e foliar, interpretadas pelas faixas de concentração, em áreas comerciais na região central de Goiás, foram selecionadas pomares nos municípios de Inhumas, Goiânia e Goianápolis. Cada pomar foi dividido em glebas, sendo que cada gleba foi formada por 4 plantas de laranja Pêra enxertada sobre limão cravo, procurando-se manter a uniformidade dentro das glebas e diferenças entre elas. No total foram avaliadas 303 glebas entre 2004 e 2005. Em cada gleba foi estimada a produtividade, coletadas amostras de solos e amostras de folhas em ramos frutíferos. As análises foliares e análises de solo indicaram diagnósticos do estado nutricional discordantes. A análise foliar indicou que os principais nutrientes deficientes foram Zn, B, Ca e K e em excesso P, Cu, Mn, S e Fe. A análise de solo indicou que os principais nutrientes deficientes foram P, S, Ca e Mg e por excesso B, Mn, K, Zn e Cu.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2008-01-02

How to Cite

GRAÇAS SANTANA, J. das, MOZENA LEANDRO, W., VELOSO NAVES, R., PINHEIRO DA CUNHA, P. and CORRÊA ROCHA, A., 2008. Estado Nutricional da laranja pêra na região central do estado do Goiás avaliada pelas análises foliar e do solo. Bioscience Journal [online], vol. 23, no. 4. [Accessed29 November 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6581.

Issue

Section

Artigos