Estabilidade fenotipica de cultivares de soja no Brasil central

Authors

  • Aldaisa Martins da Silva de Oliveira ULBRA/ILES
  • Osvaldo Toshiyuki Hamawaki UFU
  • Jose Osvaldo de Oliveira Neto UFU
  • Julio Cesar Viglione Penna UFU
  • Fernando Cesar Juliatti UFU
  • Sandro Angelo de Souza ULBRA/ILES

Keywords:

Glycine max L. Merrill, Melhoramento, Ambiente, Adaptabilidade, Produção, Potencialidade agronomica

Abstract

Com o objetivo de se avaliar o potencial produtivo de cultivares comercias de soja (Glycine max (L.) Merrill), indicados para a região Brasil Central, realizou-se esta pesquisa na safra 2000/1, em Goiatuba,GO e em Uberlândia,MG, com semeaduras nos meses de novembro e dezembro. Em Goiatuba a pesquisa desenvolveu-se na Fazenda São José do Pontal, enquanto que em Uberlândia desenvolveu-se em dois locais, sendo na Fazenda Canadá e na Fazenda Capim Branco. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições e os tratamentos foram 28 cultivares pertencentes a três grupos de maturação, sendo 3 do Semi Precoce (Confiança, E316 e Msoy 6101), 11 do Médio (Aventis 7003, Carla, E 315, Milena, Conquista, Liderança, Segurança, Vencedora, Msoy 8001, DM 247, e UFV 19), e 14 do Semi tardio (Aventis 7002, Suprema, Celeste, E 313, E 313 RCH, Garantia, Msoy 8800, Msoy 9001, Msoy 8400, Msoy 8411, DM Vitória, DM 309, DM 339 e UFV 18). De acordo com as análises de adaptabilidade e estabilidade, a maioria das cultivares apresentaram adaptabilidade ampla e estabilidade geral. Dentre essas destacaram-se as seguintes: Msoy 8800, Emgopa 313 RCH, DM 339, Celeste, e Garantia que obtiveram produtividade média acima de 3200 kg/ha. Os três métodos de adaptabilidade e estabilidade, Wricke (1965), Eberhart e Russell (1966) e Cruz et al. (1989) revelaram resultados semelhantes o que possibilitou uma maior confiabilidade e melhor caracterização do comportamento das cultivares estudadas.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2006-04-20

How to Cite

DA SILVA DE OLIVEIRA, A.M., HAMAWAKI, O.T., DE OLIVEIRA NETO, J.O., VIGLIONE PENNA, J.C., JULIATTI, F.C. and DE SOUZA, S.A., 2006. Estabilidade fenotipica de cultivares de soja no Brasil central. Bioscience Journal [online], vol. 20, no. 2. [Accessed2 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6510.

Issue

Section

Artigos