Influencia da condutividade hidraulica na altura do lencol freatico, espaçamento de drenos e na produtividade do milho

Authors

  • Luiz Fernando Coutinho Oliveira UFG
  • Robson Bonono UFG
  • Daniel Fonseca de Carvalho UFRRJ
  • Fernando Cardoso Cortes UnB

Keywords:

Drenagem, Lencol freatico, Condutividade hidraulica

Abstract

Este trabalho foi desenvolvido com objetivo de se avaliar a influência da condutividade hidráulica (Ko) na altura do lençol freático (LF), espaçamento entre drenos (L) e na produtividade da cultura do milho. Para tal, determinou-se o valor de Ko em uma rede de drenagem instalada no campus da Universidade Federal de Goiás, com espaçamento entre drenos é de 30 m. Com auxílio do software DRENO, avaliou-se a oscilação do LF submetido a diferentes recargas e o espaçamento entre os drenos para os diferentes valores de Ko, permitindo a obtenção do índice de estresse ao excesso de água (SEW30) e a produtividade relativa para a cultura do milho (PRm). Com os resultados obtidos para SEW30, pode-se constatar que as áreas sobre a influência dos menores valores de Ko ficaram sujeitas ao excesso de água na zona do sistema radicular. A PRm decresceu com o rebaixamento do LF e para as condições de excesso de umidade na profundidade das raízes não houve comprometimento no rendimento da cultura. Os valores dos espaçamentos entre drenos calculados apresentaram uma variação percentual de -10,0 a 155,0 %, quando comparado com o espaçamento real dos drenos (30 m), sendo que o valor de L que mais se aproximou do real, foi aquele calculado para Ko de 1,01 mm.d-1. UNITERMOS: Drenagem, Lençol freático, Condutividade hidráulica

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2006-04-03

How to Cite

COUTINHO OLIVEIRA, L.F., BONONO, R., DE CARVALHO, D.F. and CORTES, F.C., 2006. Influencia da condutividade hidraulica na altura do lencol freatico, espaçamento de drenos e na produtividade do milho. Bioscience Journal [online], vol. 19, no. 3. [Accessed11 August 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6466.

Issue

Section

Artigos