Determinacao do numero de marcadores rapd para estudos da diversidade genetica em soja utilizando o metodo BOOTSTRAP

Authors

  • Susete Araujo Pequeno UFG
  • Jose Baldin Pinheiro UFG
  • Maria Imaculada Zucchi ESALQ/USP
  • Roland Vencovsky UFG
  • Alexandre Siqueira Guedes Coelho UFG
  • Maria da Gloria Trindade UFG

Keywords:

RAPD, Glycine max., Diversidade genetica

Abstract

Vinte e seis cultivares de soja pertencentes ao grupo de maturação tardio foram avaliados com base em 85 locos RAPD, obtidos de 27 primers, submetendo-se os dados obtidos à técnica de bootstrap para determinar o número mínimo de locos necessários para se ter uma boa precisão nos estudos de diversidade genética. O procedimento de bootstrap dos locos foi utilizado para estimar o coeficiente de variação (CV) do índice de similaridade de Jaccard, utilizando-se 1000 permutações. O número mínimo de locos foi encontrado através da expressão xc= [ a2b2(2b-1)/(b-2)] 1/(2-2b) onde xc é o ponto de máxima curvatura da função, e corresponde à quantidade mínima de locos a ser amostrado no genoma. Foi obtido um coeficiente de determinação de 0,98, indicando um bom ajuste da curva estimada aos dados observados. Para este conjunto de dados, o ponto de curvatura máxima foi xc = 12,41, que corresponde a um CV de 33 %, e indica que o uso de 12 a 13 locos marcadores proporcionaria a precisão obtida para as estimativas. O parâmetro b da equação representa uma medida da heterogeneidade entre bandas. O valor encontrado neste estudo, de b = 0,426, mostra uma alta heterogeneidade entre bandas, já que o valor máximo esperado para este parâmetro é de 0,5. UNITERMOS: RAPD, Glycine max, diversidade genética

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2006-03-28

How to Cite

PEQUENO, S.A., PINHEIRO, J.B., ZUCCHI, M.I., VENCOVSKY, R., GUEDES COELHO, A.S. and GLORIA TRINDADE, M. da, 2006. Determinacao do numero de marcadores rapd para estudos da diversidade genetica em soja utilizando o metodo BOOTSTRAP. Bioscience Journal [online], vol. 19, no. 2. [Accessed26 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6451.

Issue

Section

Artigos