Maturação de sementes de mucuna-preta

Authors

  • João Nakagawa Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP
  • Claudemir Zucareli Universidade Estadual de Londrina
  • Claudio Cavariani Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP
  • Carolina Maria Gaspar-Oliveira Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP

Keywords:

Mucuna aterrima, maturidade, germinação, semente

Abstract

A mucuna-preta é uma leguminosa empregada para adubação verde e como forrageira. O objetivo deste trabalho foi estudar a maturação de sementes de mucuna-preta para dar subsídios à tecnologia de produção de sementes. Rácemos foram colhidos semanalmente, a partir de 35 dias do início do florescimento (35 DAF) até o estádio de vagens secas (98 DAF). As sementes foram avaliadas quanto à coloração, teor de água e acúmulo de matéria seca logo depois de colhidas; e quanto à massa de 100 sementes e à germinação após serem secadas no interior das vagens em ambiente sem controle de temperatura e umidade relativa do ar. Baseando-se nas avaliações, pode-se concluir que a maturidade foi atingida aos 91 DAF, quando as vagens apresentavam coloração amarelada-preta e sementes de coloração preta com teor de água médio de 37%.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

João Nakagawa, Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP

Professor titular aposentado, voluntário, do Departamento de Produção Vegetal

Claudemir Zucareli, Universidade Estadual de Londrina

Professor Doutor do Departamento de Agronomia

Claudio Cavariani, Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP

Professor Doutor do Departamento de Produção Vegetal

Carolina Maria Gaspar-Oliveira, Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Botucatu-SP

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Agronomia/Agricultura

Published

2007-06-20

How to Cite

NAKAGAWA, J., ZUCARELI, C., CAVARIANI, C. and GASPAR-OLIVEIRA, C.M., 2007. Maturação de sementes de mucuna-preta. Bioscience Journal [online], vol. 23, no. 1. [Accessed28 January 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6381.

Issue

Section

Artigos