Perfil sociodemográfico e clínico de portadores de síndromes mielodisplásicas

Authors

  • Marcos Antonio Ferreira Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Maria Lúcia Ivo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Elenir Rose Jardim Cury Pontes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Diana Paula de Souza Rego Pinto Carvalho Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Allyne Fortes Vitor Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Abstract

Estudos epidemiológicos sobre Síndromes Mielodisplásicas (SMD) não são encontrados na literatura brasileira, o que requer investigação dessa doença prevalente em idosos e com incidência maior com o aumento da idade. Esse trabalho objetivou investigar o perfil sociodemográfico e clínico dos pacientes portadores de SMD. Trata-se de um corte transversal, desenvolvido no Rio Grande do Norte, realizado de janeiro de 2000 a dezembro de 2010. Para análise descritiva foi utilizado o programa Epi Info 2002, versão 3.5.2. Os cálculos da probabilidade de associação entre as características analisadas e o gênero foram realizados pelos Testes do qui-quadrado, de Fisher e Exato de Fisher. O nível de significância considerado foi de 0,05. O trabalho foi aprovado em seus aspectos éticos e metodológico pelo Comitê de Ética em Pesquisa CEP/HUOL protocolo 432/10. Dos 29 pacientes selecionados, houve predomínio de idosos, do sexo masculino, com baixa escolaridade, que apresentaram anemia como sintoma inicial. A maior parte foi de pessoas de pele branca, residentes em casa própria, moradores em zona urbana e com renda inferior a dois salários mínimos. Todos utilizaram terapia com hemoderivados, principalmente o concentrado de hemácias, numa frequência de quatro ou mais unidades por mês de consumo, sendo que 20% realizou dosagem de ferritina sérica, todos com valores acima do normal referenciado. Conclui-se que se faz necessário a realização de pesquisas com maiores populações, de caráter multicêntrico a fim de melhor evidenciamento dos dados sociodemográficos e clínicos com possibilidade de avaliação por regiões do país.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-07-17

How to Cite

FERREIRA JÚNIOR, M.A., IVO, M.L., PONTES, E.R.J.C., CARVALHO, D.P. de S.R.P. and VITOR, A.F., 2014. Perfil sociodemográfico e clínico de portadores de síndromes mielodisplásicas . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 4, pp. 1269–1277. [Accessed26 November 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/23749.

Issue

Section

Health Sciences