Características estruturais de cultivares diplóides e tetraplóides de azevém

Authors

  • Lucas Vargas Oliveira Universidade Federal de Pelotas
  • Otoniel Geter Lauz Ferreira Universidade Federal de Pelotas
  • Carlos Eduardo da Silva Pedroso Departamento de Fitotecnia
  • Olmar Denardin Costa Universidade Federal de Pelotas
  • William Cardinal Brondani Universidade Federal de Pelotas
  • Cícero Mateus Sell Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n3a2015-22668

Abstract

O objetivo do estudo foi determinar, em casa de vegetação, as características estruturais de cultivares de azevém diplóides e tetraplóides, em regime de corte. Os tratamentos constaram de três cultivares diploides [Comum-RS (Lolium multiflorum), Pronto® (L. multiflorum var. westerwoldicum) e Conquest® (L. multiflorum var. italicum)]; e quatro tetraploides [INIA Titan®  (L. multiflorum var. italicum), Winter Star® (L. multiflorum var. westerwoldicum), KLM 138® (L. multiflorum var. italicum) e Banquet II®  (L. perenne)], alocados em delineamento completamente ao acaso com seis repetições. As cultivares foram semeadas na densidade de 10 sementes vaso-1 de 2500g de solo, com correção e fertilização realizada em dose única antes da semeadura. Quando as plantas atingiram 20 cm de altura foi realizado o primeiro corte, para dar condições ao adequado estabelecimento, enquanto os demais foram realizados quando era atingida altura média de 15 cm, deixando-se sempre resíduo de 7 cm. Por análise de variância e comparação de médias pelo teste de Tukey (P<0,05), foram analisadas as variáveis estruturais: Comprimento final da folha, número de folhas vivas por perfilho, densidade populacional de perfilhos, comprimento da planta e relação folha:colmo, avaliadas no dia de cada corte, momentos antes da execução deste. As cultivares Comum-RS, INIA Titan®, Winter Star®, Conquest®, KLM 138®, Pronto® e Banquet II® diferem quanto às características estruturais estudadas. A cultivar Banquet II® apresenta as melhores características estruturais, todavia as cultivares Winter Star®, Conquest® e KLM 138® também apresentam estrutura adequada ao pastejo durante todo seu ciclo, enquanto Pronto® e Comum-RS, ao final do ciclo, têm a acessibilidade das folhas comprometida.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Lucas Vargas Oliveira, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Zootecnia

Otoniel Geter Lauz Ferreira, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Zootecnia

Carlos Eduardo da Silva Pedroso, Departamento de Fitotecnia

Departamento de Fitotecnia

Olmar Denardin Costa, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Zootecnia

William Cardinal Brondani, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Zootecnia

Cícero Mateus Sell, Universidade Federal de Pelotas

Departamento de Zootecnia

Published

2015-05-06

How to Cite

OLIVEIRA, L.V., FERREIRA, O.G.L., PEDROSO, C.E. da S., COSTA, O.D., BRONDANI, W.C. and SELL, C.M., 2015. Características estruturais de cultivares diplóides e tetraplóides de azevém . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 3, pp. 883–889. [Accessed7 December 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n3a2015-22668. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/22668.

Issue

Section

Agricultural Sciences