Citologia e histologia endometrial em gatas clinicamente saudáveis

Authors

  • Beatriz Fonseca da Silva Universidade Federal de Uberlãndia
  • Nicilene Cardoso Silva Universidade Federal de Uberlãndia
  • Thaisa Reis dos Santos Universidade Federal de Uberlãndia
  • Angela Pfeifer de Oliveira Universidade Federal de Uberlãndia
  • Selwyn Arlington Headley Universidade Norte do Paraná
  • Alessandra Aparecida Medeiros Universidade Federal de Uberlãndia
  • Francisco Cláudio Dantas Mota Universidade Federal de Uberlãndia
  • Cirilo Antonio de Paula Lima Universidade Federal de Uberlãndia
  • João Paulo Elsen Saut Universidade Federal de Uberlãndia

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n2a2015-22417

Abstract

Com objetivo de estabelecer valores de referência para a citologia endometrial e avaliar histologicamente o endométrio de gatas clinicamente saudáveis e sem patologias uterinas, foram coletados 22 úteros de gatas que passaram por ovariohisterectomia eletiva. Após avaliação macroscópica dos úteros, coletou-se amostra para citologia endometrial pela técnica de escova endometrial (cytobrush) e fragmento para avaliação histológica. Quanto à apresentação das glândulas endometriais, 31,8% (7/22) das gatas apresentaram lâmina própria com poucas camadas de glândulas tubulares simples, revestidas por epitélio simples cúbico ou cilíndrico baixo, com diâmetro reduzido e sem secreção no seu lúmen. Proliferação glandular com algumas glândulas apresentando conteúdo no lúmen foi observada em 36,4% (8/22) dos animais. Presença de intensa proliferação glandular com glândulas revestidas por epitélio simples pavimentoso, a maioria com atividade secretora, foi observada em 31,8% (7/22) das gatas, sendo que em cinco destas verificou-se aparência cística com pronunciada dilatação glandular. A citologia endometrial, na leitura de 200 células, obteve os seguintes resultados: neutrófilos (10,77 ± 7,51), eosinófilos (1,93 ± 2,67), basófilos (0), linfócitos (6,58 ± 8,49), macrófagos (0,79 ± 2,05) e células de descamação (79,93 ± 11,44). Concluiu-se que em gatas clinicamente saudáveis há maior proporção de leucócitos na citologia endometrial quando comparado com outras espécies, mesmo quando não se evidencia inflamação na avaliação histológica. A colheita de material para citologia endometrial pela técnica de cytobrush apresenta celularidade satisfatória e sem presença de debris celulares em gatas.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-02-25

How to Cite

SILVA, B.F. da, SILVA, N.C., SANTOS, T.R. dos, OLIVEIRA, A.P. de, HEADLEY, S.A., MEDEIROS, A.A., MOTA, F.C.D., LIMA, C.A. de P. and SAUT, J.P.E., 2015. Citologia e histologia endometrial em gatas clinicamente saudáveis . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 2, pp. 555–562. [Accessed26 November 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n2a2015-22417. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/22417.

Issue

Section

Agricultural Sciences