Ranqueamento de genótipos de soja com resistência parcial por diferentes métodos de inoculação de sclerotinia sclerotiorum submetidos à análise de correlação

Authors

  • Fernando Cezar Juliatti Universidade Federal de Uberlândia, Inst. Ciências Agrárias, Uberlândia, MG, Brasil
  • Erika Sagata ICIAG, UFU
  • Breno Cezar Marinho Juliatti ICIAG, UFU

Keywords:

Resistência, Métodos de inoculação, Glycine Max (L) Merrill, Sclerotinia sclerotiorum

Abstract

A podridão branca da haste da soja ou mofo branco tornou-se a segunda doença em importância na cultura no Brasil. Pouco se conhece sobre a resistência de soja ao patógeno. O objetivo do trabalho foi avaliar e definir um método confiável na seleção de genótipos de soja resistentes ao mofo branco, causado por Sclerotinia sclerotiorum. O trabalho baseou-se em diferentes métodos de inoculação. Os testes foram conduzidos em ambiente controlado e à campo. Em condições de laboratório e câmara de crescimento sob condições ótimas de favorabilidade ótima e contínua ao patógeno e em campo com alternância de menor e maior favorabilidade ao mesmo. Para definir qual o melhor método de inoculação, como também os genótipos que possuem maior resistência parcial calcularam-se correlações pelo coeficiente de Spearman entre os métodos avaliados e métodos com o ranking geral das genótipos ou cultivares. O melhor método para avaliação da resistência de genótipos de soja ao mofo branco foi a inoculação realizada com ferimento no terço médio da planta onde estas se encontravam no final do florescimento e início de enchimento dos grãos, com discos de BDA e avaliadas 14 dias após a inoculação (rs=0,86) A cultivar que poderá ser considerada com padrão de resistência em outros estudos foi a Emgopa 316, sendo o padrão de suscetibilidade a BRSMG Garantia e BRSMG 68 Vencedora, sendo este último o genótipo mais suscetível ao mofo branco.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Fernando Cezar Juliatti, Universidade Federal de Uberlândia, Inst. Ciências Agrárias, Uberlândia, MG, Brasil

LAMIP, ICIAG, UFU

Erika Sagata, ICIAG, UFU

Laboratório de Micologia e Proteção de Plantas

Breno Cezar Marinho Juliatti, ICIAG, UFU

Instituto de Ciências Agrárias, UFU

Published

2013-05-13

How to Cite

CEZAR JULIATTI, F., SAGATA, E. and MARINHO JULIATTI, B.C., 2013. Ranqueamento de genótipos de soja com resistência parcial por diferentes métodos de inoculação de sclerotinia sclerotiorum submetidos à análise de correlação . Bioscience Journal [online], vol. 29, no. 3. [Accessed24 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/22404.

Issue

Section

Agricultural Sciences