Produtividade da mandioquinha-salsa em resposta ao espaçamentos entre plantas e peso de mudas

Authors

  • Elissandra Pacito Torales Universidade Federal da Grande Dourados
  • Néstor Antonio Heredia Zárate Universidade Federal da Grande Dourados
  • Maria do Carmo Vieira Universidade Federal da Grande Dourados
  • Diego Menani Heid Universidade Federal da Grande Dourados
  • Leandro Bassi Moreno Universidade Federal da Grande Dourados
  • Vinicius Rotermel Grando Universidade Federal da Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n2a2015-22364

Abstract

Objetivou-se pelo presente estudo avaliar a produção agroeconômica da mandioquinha-salsa 'Amarela de Carandaí', cultivada em dois espaçamentos entre plantas no canteiro (20 e 25 cm) e cinco massas médias de mudas (12,26 g; 7,76 g; 5,58 g; 3,98 g e 2,73 g). Os dez tratamentos resultaram do arranjo no esquema fatorial 2 x 5, no delineamento experimental blocos casualizados, com quatro repetições. Aos 249 dias após o plantio, foi efetuada a colheita das plantas, quando as plantas apresentavam mais de 70% de senescência foliar. As maiores produtividades de massa fresca de folhas, coroas e rebentos foram observados com o espaçamento de 25 cm entre plantas. Os incrementos de produções foram de 25,27% (folhas), 12,68% (coroas) e 18,05% (rebentos), em relação a 20 cmentre plantas. A massa das mudas de 7,76g foi a que promoveu as maiores produtividades de massa fresca e de raízes comerciais, com aumentos de 2,32 t ha-1 (44,70%) e de 5,33 t ha-1 (36,26%), respectivamente, em relação ao M5 e M3, que foram os tratamentos com as menores produtividades. As mudas de 12,26 e 7,76g foram as que induziram as maiores massas frescas de coroas e rebentos, com médias de aumentos de 1,46 t ha-1 e de 2,18 t ha-1, respectivamente, em relação aos tratamentos com as menores produtividades. Para se obterem maiores produtividades de raízes comerciais o cultivo da mandioquinha-salsa deve ser feito com espaçamento de25 cm entre plantas dentro da fileira e propagadas com mudas com massa média de 7,76 g. O menor custo de produção correspondeu ao cultivo da mandioquinha-salsa com espaçamento de 25 cm entre plantas e massa média de mudas de 2,73 g, porém as maiores rendas bruta e líquida foram obtidas no cultivo com 25 cm entre plantas e massa média de mudas de 7,76 g.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-02-25

How to Cite

TORALES, E.P., HEREDIA ZÁRATE, N.A., VIEIRA, M. do C., HEID, D.M., MORENO, L.B. and GRANDO, V.R., 2015. Produtividade da mandioquinha-salsa em resposta ao espaçamentos entre plantas e peso de mudas . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 2, pp. 433–444. [Accessed3 December 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n2a2015-22364. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/22364.

Issue

Section

Agricultural Sciences