Modelagem matemática da secagem de frutos de crambe em camada delgada

Authors

  • Lílian Moreira Costa Instituto Federal Goiano
  • Osvaldo Resende Instituto Federal Goiano
  • Douglas Nascimento Gonçalves Instituto Federal Goiano
  • Daniel Emanuel Cabral de Oliveira Instituto Federal Goiano

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n2a2015-22340

Abstract

Objetivou-se no presente trabalho ajustar diversos modelos matemáticos ao processo de secagem dos frutos de Crambe abyssinica, em diversas condições de ar, bem como determinar o coeficiente de difusão efetivo e obter a energia de ativação. O trabalho foi realizado no Laboratório de Pós-colheita de Produtos Vegetais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Câmpus Rio Verde, Goiás, Brasil (IF Goiano - Câmpus Rio Verde). A colheita do crambe (Crambe abyssinica Hochst) da cultivar FMS Brilhante foi realizada manualmente, com o teor de água de 38,0±1,0 (% b.s.) e secados até o teor de 8,0±1,5 (% b.s.). A secagem foi realizada sob diferentes condições controladas de temperatura 35, 45, 60, 75 e 90 °C e umidades relativas de 20,9; 8,7; 6,8; 4,8 e 2,3%, respectivamente. Dentre os modelos analisados, Page foi o melhor que se ajustou aos dados nas diferentes condições do ar de secagem. O coeficiente de difusão efetivo aumentou com a elevação da temperatura apresentando valores de 2,84 x 10-11; 3,22 x 10-11; 5,00 x 10-11; 7,27 x 10-11 e 9,14 x 10-11 m2 s-1, para as temperaturas de 35, 45, 60, 75 e 90 °C, respectivamente, durante a secagem dos frutos de crambe. A relação entre o coeficiente de difusão efetivo e a temperatura de secagem pode ser descrita pela equação de Arrhenius, que apresenta uma energia de ativação para a difusão líquida na secagem de 20,998 kJ mol-1

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-02-25

How to Cite

COSTA, L.M., RESENDE, O., GONÇALVES, D.N. and OLIVEIRA, D.E.C. de, 2015. Modelagem matemática da secagem de frutos de crambe em camada delgada . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 2, pp. 392–403. [Accessed4 December 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n2a2015-22340. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/22340.

Issue

Section

Agricultural Sciences