Subdoses de glyphosate no desenvolvimento de espécies arbóreas nativas

Authors

  • Maria Renata Rocha Pereira Faculdade de Tecnologia de Capão Bonito
  • Guilherme Sasso Ferreira de Souza Universidade Estadual Paulista
  • Edson Diniz Fonseca Pesquisador Suzano Papel e Celulose
  • Dagoberto Martins Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.14393/bj-v31n2a2015-21924

Abstract

A recuperação de áreas degradadas tem o objetivo de fornecer ao ambiente degradado condições favoráveis a reestruturação em um ambiente que não tem condições de se regenerar por si só, sendo o plantio de mudas arbóreas uma forma efetiva de ampliar este processo. Entretanto as espécies arbóreas nativas têm ritmo de crescimento lento, o que aumenta o tempo da produção da muda, como também diminui a competitividade destas com as plantas daninhas em áreas de implantação de florestas. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da aplicação de subdoses de glyphosate no desenvolvimento de mudas de Psidium cattleyanum (araçá-amarelo), Citharexylum myrianthum (pau-viola) e Cedrela odorata (cedrinho), através da análise de seus parâmetros morfofisiológicos. O experimento foi instalado e conduzido em casa de vegetação, e as unidades experimentais foram constituídas de uma planta, conduzida em vasos com capacidade para 2,5L, dispostos inteiramente ao acaso, arranjados em uma esquema fatorial (doses x espécies), com seis repetições. Os tratamentos foram constituídos da aplicação herbicida glyphosate nas seguintes subdoses: 0; 7,5; 15; 30 e 60 g e.a. ha-1, na formulação comercial Scout®. A aplicação nas mudas foi realizada aos 120 dias após germinação. Foram realizadas avaliações dos efeitos dos tratamentos químicos (fitointoxicação) sobre as plantas aos 7, 14 e 21 dias após aplicação, e após 90 dias foram avaliados a sobrevivência das plantas, condutância estomática, altura, diâmetro do caule e massa seca de parte aérea. As diferentes doses do herbicida não provocaram intoxicação às plantas. Já a dose de 30 e 60 g e.a. ha-1 proporcionou maiores incrementos em altura e diâmetro, bem como maiores massas secas em plantas de pau-viola e araçá-amarelo, respectivamente. 

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-02-25

How to Cite

PEREIRA, M.R.R., SOUZA, G.S.F. de, FONSECA, E.D. and MARTINS, D., 2015. Subdoses de glyphosate no desenvolvimento de espécies arbóreas nativas . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 2, pp. 326–332. [Accessed30 November 2022]. DOI 10.14393/bj-v31n2a2015-21924. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/21924.

Issue

Section

Agricultural Sciences