Análise do bem-estar dos reprodutores de Arapaima gigas (Schinz, 1822) através da relação peso-comprimento, fator de condição e produção de alevinos

Authors

  • Perila Maciel Rebouças Universidade Federal do Ceará
  • Rafael Lustosa Maciel Universidade Federal do Ceará
  • Breno Gustavo Bezerra Costa Universidade Federal do Ceará
  • José Agenor Soares Galvão Dapartamento Nacional de Obras contra as Secas
  • José Antonio Delfino Barbosa Filho Universidade Federal do Ceará

Keywords:

Aquicultura, Arapaima gigas, Paiche, Produção de alevinos, Ambiência

Abstract

O Arapaima gigas é um peixe nativo da Bacia Amazônica, seu cultivo está atualmente em ascensão, o que requer alguns cuidados durante seu processo produtivo. Este trabalho tem como objetivo avaliar a influência do ambiente de cultivo sobre a produção de alevinos e bem-estar dos reprodutores através da relação peso-comprimento e fator de condição. Foram utilizados 34 viveiros, sendo 17 com área de 350 m2 e os demais com 400 m2, adotando-se uma densidade de um casal por viveiro no período de março a junho de 2011, no Centro de Pesquisas em Aquicultura (DNOCS-Pentecoste). Ao término do período experimental os machos acondicionados nos viveiros de 350 m² e 400 m² apresentaram peso e comprimento total médio de 52,4±5,9 kg; 169,9±11,1 cm e 56,6±4,7 kg; 175,4±8,2 cm, respectivamente. As fêmeas apresentaram peso corporal e comprimento total médio de 52,7±5,7 kg; 168,1±12,7 cm e 56,8±5,0 kg; 174,3±4,8 cm nos viveiros de 350 m² e 400 m² respectivamente. O bem-estar dos organismos foi determinando individualmente pelo fator de condição relativo (Kn), e pela análise de variância (ANOVA) aplicada aos dados. Não foi observada diferença significativa entre os tratamentos e gênero dos organismos cultivados. As fêmeas mostraram uma produção média de 1.550,0±1.112,0 e 1.750,0±755,0 alevinos nos tanques de 350 e 400 m2 respectivamente, não apresentando diferença significativa, quando analisados pelo teste t com α = 0,05. Com base nos dados obtidos por este trabalho, não houve diferença na produção de alevinos e no bem-estar dos organismos cultivados nos dois viveiros analisados.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Perila Maciel Rebouças, Universidade Federal do Ceará

Zootecnista, mestranda do Programa de Pós Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal do Ceará

Rafael Lustosa Maciel, Universidade Federal do Ceará

Engenheiro de Pesca, mestrando do Programa de |Pós-Graduação em Engenharia de Pesca e Recursos Pesqueiros da Universidade Federal do Ceará

Breno Gustavo Bezerra Costa, Universidade Federal do Ceará

Engenheiro de Pesca. Mestre em Ciências Marinhas Tropicais, doutorando do Program de Pós-Graduação em Ciências Marinhas Tropicais da Universidade Federal do Ceará

José Agenor Soares Galvão, Dapartamento Nacional de Obras contra as Secas

Biólogo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS-Pentecoste)

José Antonio Delfino Barbosa Filho, Universidade Federal do Ceará

Prof. Dr. do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal do Ceará

Published

2014-09-15

How to Cite

REBOUÇAS, P.M., MACIEL, R.L., COSTA, B.G.B., GALVÃO, J.A.S. and BARBOSA FILHO, J.A.D., 2014. Análise do bem-estar dos reprodutores de Arapaima gigas (Schinz, 1822) através da relação peso-comprimento, fator de condição e produção de alevinos . Bioscience Journal [online], vol. 30. [Accessed17 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18257.

Issue

Section

Agricultural Sciences