Armazenamento de sementes de pinhão manso em diferentes embalagens e ambientes

Authors

  • João Batista Zonta Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Cocais
  • Eduardo Fontes Araujo Universidade Federal de Viçosa
  • Roberto Fontes Araujo Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais
  • João Henrique Zonta Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Algodão
  • Luiz Antônio dos Santos Dias Universidade Federal de Viçosa
  • Patrícia Helena Ribeiro Universidade Federal de Viçosa

Abstract

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade fisiológica de sementes de pinhão manso armazenadas em diferentes embalagens e ambientes. O experimento foi conduzido na Universidade Federal de Viçosa, em Viçosa-MG. As sementes, com teor de água de 8,3%, foram acondicionadas em embalagem de pano e de plástico e armazenadas por 450 dias em condições de laboratório (sem controle de temperatura e U.R.); sala refrigerada (18 a 20 ºC e 55 a 60% de U.R.); câmara fria (10 a 12 ºC e 55 a 60% de U.R.) e câmara fria (5 a 7 ºC e 60 a 65% de U.R.). No início do armazenamento e a cada 90 dias, foram determinados o teor de água, a germinação e o vigor das sementes. Redução na qualidade fisiológica das sementes de pinhão manso ocorreu durante o armazenamento, independentemente das condições de ambiente e embalagem. As sementes podem ser armazenadas por 270 dias em ambiente não controlado, em Viçosa-MG. Para armazenamento por tempo superior a 270 dias, é recomendada a utilização de ambiente refrigerado, com temperatura ≤18-20 °C, independentemente da embalagem utilizada.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-09-30

How to Cite

ZONTA, J.B., ARAUJO, E.F., ARAUJO, R.F., ZONTA, J.H., DIAS, L.A. dos S. and RIBEIRO, P.H., 2014. Armazenamento de sementes de pinhão manso em diferentes embalagens e ambientes . Bioscience Journal [online], vol. 30, pp. 599–608. [Accessed3 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18207.

Issue

Section

Agricultural Sciences