Genótipos de maracujazeiro-azedo com resistência à bacteriose

Authors

  • Carla Azevedo dos Santos Viana Companhia Nacional de Abastecimento
  • Márcio de Carvalho Pires Universidade de Brasília
  • José Ricardo Peixoto Universidade de Brasília
  • Nilton Tadeu Vilela Junqueira Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Cerrados
  • Luiz Eduardo Bassay Blum Universidade de Brasília

Abstract

Este trabalho teve como objetivo avaliar e selecionar genótipos de maracujazeiro-azedo com resistência à bactéria Xanthomonas axonopodis pv. passiflorae. Para a inoculação da bactéria, nas folhas das plantas, foi empregado o método da agulha utilizando-se o delineamento de blocos casualizados, com 4 repetições e 12 plantas por parcela, em esquema de parcela subdividida, com quatro épocas de avaliação na parcela e 18 genótipos na subparcela. Foi avaliada a incidência e a severidade da bacteriose, com base em escala de notas variando de 0 a 4, onde foram classificadas como Resistentes, Medianamente Resistentes, Medianamente Suscetíveis, Suscetíveis e Altamente Suscetíveis. Os genótipos apresentaram variabilidade com relação à resistência, sendo que os genótipos Maracujá Moranga, RC-0-3, Vermelhinho e PES-7 foram selecionados, pois apresentaram mais de 30% de plantas medianamente resistentes na última avaliação. O genótipo MSCA foi considerado resistente com base na severidade. As plantas individuais dos diferentes genótipos que permaneceram resistentes até a última avaliação foram selecionadas e deverão ser novamente avaliadas para a confirmação da resistência à bactéria Xanthomonas axonopodis pv. passiflorae, incluindo diferentes isolados desta bactéria.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-09-30

How to Cite

VIANA, C.A. dos S., PIRES, M. de C., PEIXOTO, J.R., JUNQUEIRA, N.T.V. and BLUM, L.E.B., 2014. Genótipos de maracujazeiro-azedo com resistência à bacteriose . Bioscience Journal [online], vol. 30, pp. 591–598. [Accessed10 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18206.

Issue

Section

Agricultural Sciences