Distribuição vertical do fósforo no solo em função dos modos de aplicação

Authors

  • Newton Cabral Barbosa Universidade Federal de Goiás
  • Everton Martins Arruda Universidade Federal de Goiás
  • Elias Brod Universidade Federal de Goiás
  • Hamilton Seron Pereira Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n1a2015-18196

Abstract

A demanda de estudos sobre a dinâmica das adubações e uso eficiente de fósforo na agricultura do cerrado brasileiro, foi propósito para este trabalho, cujo objetivo foi verificar a eficiência da combinação de modos de aplicação de fertilizantes fosfatados na distribuição vertical do nutriente no solo. O experimento foi realizado no sudoeste goiano, juntamente com o sistema de produção de soja e milho. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 6x6, entre os modos de adubação (100% da adubação a lanço, 75% a lanço e 25% na linha, 50% a lanço e 50% na linha, 25% a lanço e 75% na linha, 100% na linha e a testemunha) e as profundidades 0,0-2,5; 2,5-5,0; 5,0-7,5; 7,5-10,0; 10,0-15,0; 15,0-20,0 cm. Foi utilizado uma dose padrão de 120 Kg . ha-1 de P2O5 na forma de Fosfato Monoamônico (MAP). As avaliações foram teor de P no solo e foliar, altura e produtividade das plantas de soja, além da altura e produtividade do milho de segunda safra. A associação da adubação em 75% a lanço e 25% na linha, mostrou insuficiência para suprir toda necessidade das plantas pelo fósforo. Quando o fertilizante foi aplicado em maior percentual a lanço em área total proporcionou maior acúmulo de fósforo na camada de 0,0- 2,5 cm, entretanto, quando houve predomínio da aplicação na linha de plantio os maiores acúmulos ocorreram na camada de 5,0-7,5 cm. 

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-01-06

How to Cite

BARBOSA, N.C., ARRUDA, E.M., BROD, E. and PEREIRA, H.S., 2015. Distribuição vertical do fósforo no solo em função dos modos de aplicação . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 1, pp. 87–95. [Accessed26 November 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n1a2015-18196. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18196.

Issue

Section

Agricultural Sciences