Adubação bórica na produção de forragem e componentes radiculares de trevo branco

Authors

  • Marciela Rodrigues da Silva Universidade Federal do Paraná
  • Tangriani Simioni Assmann Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Thomas Newton Martin Universidade Federal de Santa Maria
  • Tatiana da Silva Caldas Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n1a2015-18142

Abstract

O trevo branco é utilizado no Sul do Brasil conferindo qualidade nas pastagens ao qual se encontra, podendo ser maximizada a sua produção pelo manejo de macro e micronutrientes. Porém, alguns micronutrientes como o boro, possuem limites estreitos entre a deficiência e a toxicidade. Dessa forma, esse trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da aplicação de doses de boro sobre a produção de forragem e componentes radiculares de trevo branco cultivadas em um Latossolo Vermelho distroférrico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, localizada no Município de Pato Branco - PR. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco repetições e os tratamentos consistiram de cinco níveis de boro (0; 0,5; 1; 2 e 4 kg ha-1). Foram avaliadas as características referentes à produção de raízes, nodulação e matéria seca da parte aérea em plantas de trevo branco. A adubação aumentou a produção de matéria seca de raízes, o número de nódulos e a matéria seca de nódulos até 2,8 kg de boro ha-1, resultando em maior produção de matéria seca de forragem. As maiores taxas, no entanto, apresentaram efeitos negativos sobre a produção de trevo branco, devido à sua toxicidade.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-01-06

How to Cite

DA SILVA, M.R., ASSMANN, T.S., MARTIN, T.N. and CALDAS, T. da S., 2015. Adubação bórica na produção de forragem e componentes radiculares de trevo branco . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 1, pp. 65–72. [Accessed20 May 2022]. DOI 10.14393/BJ-v31n1a2015-18142. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18142.

Issue

Section

Agricultural Sciences