Produtividade, qualidade fisiológica e composição química de sementes de crambe em diferentes doses de fósforo

Authors

  • Gisele Herbst Vazquez Universidade Estadual Paulista e Universidade Camilo Castelo Branco
  • Edson Lazarini Universidade Estadual Paulista
  • Francine Petenó de Camargo Universidade Estadual Paulista
  • Rogério Batista Ferreira Universidade Camilo Castelo Branco
  • Amanda Ribeiro Peres Universidade Estadual Paulista

Abstract

O crambe é uma brássica com alto teor de óleo utilizada para produção de biodiesel e que tem despertado interesse pelo ciclo curto e baixo custo de produção. Porém, existem dúvidas quanto a sua resposta à adubação fosfatada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes doses de fósforo sobre a produtividade, a qualidade fisiológica, a composição química e o teor de óleo de sementes de crambe. Os tratamentos foram constituídos de cinco doses de fósforo (0, 25, 50, 75 e 100 kg ha-1) aplicados na semeadura. Não houve interferência do fósforo sobre a composição mineral e o teor de óleo das sementes de crambe que apresentaram as seguintes médias: 30,11 de N; 7,46 de P; 7,35 de K; 10,06 de Ca; 6,58 de Mg e 8,98 g kg-1 de S; 36,25 de Cu; 169,40 de Fe; 36,75 de Mn, 73,60 mg kg-1 de Zn e 30,22% de óleo. Concluiu-se que a produtividade de crambe aumenta com doses de fósforo de até 100 kg ha-1, porém o seu uso não afeta a porcentagem de sobrevivência de plantas, a fitomassa seca, a massa de mil sementes, a qualidade fisiológica, a composição química e o teor de óleo da semente.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-03-24

How to Cite

VAZQUEZ, G.H., LAZARINI, E., DE CAMARGO, F.P., FERREIRA, R.B. and PERES, A.R., 2014. Produtividade, qualidade fisiológica e composição química de sementes de crambe em diferentes doses de fósforo . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 3, pp. 707–714. [Accessed8 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/18080.

Issue

Section

Agricultural Sciences