Relação entre tamanho corporal e distribuição geográfica de quelônios sul-americanos

Authors

  • Dhego Ramon Santos Universidade Estadual de Goiás
  • Daniel Blamires Universidade Estadual de Goiás

Abstract

O objetivo deste trabalho foi analisar a relação macroecológica entre tamanho corporal e área de distribuição geográfica das 46 espécies continentais de quelônios sul-americanos, a partir da distribuição de freqüência, dos envelopes de restrição e da correlação entre estas variáveis. Todos os dados são provenientes da literatura. A freqüência para o tamanho corporal demonstrou uma assimetria para a direita (G1= 0,650; Lilliefors P<0,05), tal como esperado para essa variável. Entretanto, para a área de distribuição geográfica foi obtida uma assimetria negativa e não-significativa (G1= -0,185; Lilliefors P>0,20), provavelmente devido à grande concentração de espécies no domínio amazônico. O polígono de restrição foi significativamente evidenciado, demonstrando uma tendência para que espécies grandes possuam amplas áreas de distribuição geográfica, independentemente de efeitos filogenéticos (r= 0,503; P<0,001). Mesoclemmys perplexa BOUR & ZAHER, 2005 permanece como um outlier isolado, devido provavelmente ao seu menor porte e distribuição geográfica restrita. Recomendamos novos estudos sobre macroecologia de quelônios da América do Sul, os quais certamente complementarão os resultados obtidos neste trabalho.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-01-17

How to Cite

SANTOS, D.R. and BLAMIRES, D., 2014. Relação entre tamanho corporal e distribuição geográfica de quelônios sul-americanos . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 1, pp. 267–272. [Accessed8 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/17992.

Issue

Section

Biological Sciences