Relações de interferência entre plantas daninhas e a cultura do grão-de-bico

Authors

  • Carita Liberato do Amaral Universidade Estadual Paulista
  • Guilherme Bacarim Pavan Universidade Estadual Paulista
  • Marcelo Claro de Souza Universidade Estadual Paulista
  • José Valcir Fidelis Martins Universidade Estadual Paulista
  • Pedro Luis da Costa Aguiar Alves Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.14393/BJ-v31n1a2015-17971

Abstract

O grão-de-bico consumido no Brasil é quase que totalmente importado. Considerando que algumas regiões do Brasil apresentam condições favoráveis ao desenvolvimento e alta produtividade do grão-de-bico, este trabalho teve como objetivo estudar a interferência de seis plantas daninhas (Amaranthus viridis, Bidens pilosa, Raphanus raphanistrum, Cyperus rotundus, Digitaria nuda e Eleusine indica) sobre o desenvolvimento do grão-de-bico. Foram analisados o comprimento da parte aérea, número de folhas, área foliar, teor de clorofila e massa seca das folhas, caule e raíz do grão-de-bico. Observou-se que a convivência com a plantas daninhas afetaram o desenvolvimento da cultura competindo e interferindo no desenvolvimento vegetativo. Dentre as seis espécies estudadas, três (D. nuda, E. indica e A. viridis) mostraram-se mais agressivas evidenciando a necessidade de controle precoce quando no cultivo em áreas com histórico de alta densidade dessas plantas daninhas. Também foi possível verificar que a principal característica afetada pela interferência das plantas daninhas foi a área foliar do grão-de-bico, afetando significativamente o crescimento e desenvolvimento da cultura.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2015-01-06

How to Cite

AMARAL, C.L. do, PAVAN, G.B., DE SOUZA, M.C., MARTINS, J.V.F. and ALVES, P.L. da C.A., 2015. Relações de interferência entre plantas daninhas e a cultura do grão-de-bico . Bioscience Journal [online], vol. 31, no. 1. [Accessed20 June 2024]. DOI 10.14393/BJ-v31n1a2015-17971. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/17971.

Issue

Section

Agricultural Sciences