Efeito da dessecação em estádios fenológicos antecipados na cultura da soja

Authors

  • Volmir Cella Universidade Federal de Mato Grosso
  • josé Flávio Silva Syngenta Seeds Ltda
  • Patrícia Helena de Azevedo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Virgínia Helena de Azevedo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Laércio Luiz Hoffman Syngenta Seeds Ltda

Abstract

O Estado do Mato Grosso detém a maior área plantada de soja, mas perdas de produtividade vêem ocorrendo nessas áreas, não sendo consideradas as que ocorrem por manejo no momento da dessecação, cujos critérios dependem do conhecimento da cultura. O objetivou-se com este trabalho determinar a perda de produtividade de grãos ocorrida pela dessecação em estádios fenológicos antecipados, em cultivares de soja com diferentes tipos de crescimento, em relação ao tratamento sem dessecação. O experimento foi instalado na safra 2008/2009, no município de Lucas do Rio Verde, em delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial (4x5), representado por quatro cultivares (TMG123 RR, NK7074 RR, P98Y11 e SYN9070 RR) em quatro estádios de dessecação (R6, R6+2DD, R6+4DD e R7), além do tratamento testemunha sem dessecação. As plantas colhidas foram divididas em terço superior (TS) e terço médio e inferior (TMI), debulhadas manualmente e depois determinada a massa de 100 grãos. Concluí-se que os valores de maior massa foram obtidos nas cultivares de crescimento determinado e estes decresceram com a dessecação antecipada, aumentando linearmente com o atraso da dessecação. Existem diferentes respostas para cada cultivar causadas pela dessecação, com perdas de rendimento, sendo o terço superior o mais afetado pela dessecação, causando até 15% de perda de produtividade na cultura.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-08-26

How to Cite

CELLA, V., SILVA, josé F., DE AZEVEDO, P.H., AZEVEDO, V.H. de and HOFFMAN, L.L., 2014. Efeito da dessecação em estádios fenológicos antecipados na cultura da soja . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 5, pp. 1364–1370. [Accessed10 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15140.

Issue

Section

Agricultural Sciences