Estabelecimento inicial de espécies de braquiária em consórcio com feijoeiro-comum, sob doses reduzidas de fluazifop-p-butyl

Authors

  • Abner José de Carvalho Universidade estadual de Montes Claros
  • José Eustáquio de Souza Carneiro Universidade Federal de Viçosa.
  • Lino Roberto Ferreira Universidade Federal de Viçosa
  • Márcia Vitória Santos Universidade Federal Rural da Amazônia.
  • Hugo Tiago Ribeiro Amaro Universidade Estadual de Montes Claros

Abstract

Objetivando avaliar o estabelecimento inicial de duas espécies de braquiária em consórcio com o feijoeiro-comum, em função de doses reduzidas de fluazifop-p-butyl, foi conduzido experimento em diferentes épocas de semeadura. Os tratamentos foram dispostos em esquema fatorial, envolvendo duas espécies de braquiária (Brachiaria brizantha e B. decumbens) consorciadas com o feijoeiro-comum, e seis doses de fluazifop-p-butyl (0; 7,81; 15,62; 31,25; 62,50 e 125,00 g ha-1), além do monocultivo da braquiária. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com quatro repetições. Os resultados obtidos permitiram concluir que na safra das águas a B. brizantha apresenta maior produção de biomassa em monocultivo do que em consórcio, sem o uso do fluazifop-p-butyl, enquanto a B. decumbens apresenta produção equivalente nas duas situações. Entretanto, na safra da seca, ambas as espécies de braquiária apresentam maiores produções em monocultivo do que em consórcio. Na safra da seca a utilização de doses a partir de 15,62 g ha-1 do herbicida causa prejuízo para o estabelecimento da pastagem até os 30 dias após a colheita do feijão, entretanto, com exceção da B. decumbens submetida a dose total do herbicida, a produção de biomassa da forrageira aos 150 dias após a colheita do feijão não é afetada pela aplicação do herbicida, em consórcio com o feijoeiro-comum. Na safra das águas pode-se aplicar até 125,00 ou 62,50 g ha-1 do herbicida no consórcio da B. brizantha ou B. decumbens com o feijoeiro-comum, respectivamente, alcançando produção satisfatória de biomassa aos 60 dias após a colheita do feijão.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-08-26

How to Cite

CARVALHO, A.J. de, SOUZA CARNEIRO, J.E. de, FERREIRA, L.R., SANTOS, M.V. and AMARO, H.T.R., 2013. Estabelecimento inicial de espécies de braquiária em consórcio com feijoeiro-comum, sob doses reduzidas de fluazifop-p-butyl . Bioscience Journal [online], vol. 29, no. 4, pp. 892–902. [Accessed15 April 2024]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15059.

Issue

Section

Agricultural Sciences