Potencial do manejo integrado da ferrugem asiática da soja: severidade da doença, desenvolvimento vegetativo e componentes da produção, cultivar MG/BR-46 (Conquista)

Authors

  • Giselle Feliciani Barbosa Universidade Anhanguera
  • Maria Aparecida Pessôa da Cruz Centurion Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquista Filho"
  • Antonio Sergio Ferraudo Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquista Filho"

Abstract

A ferrugem asiática, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi Sydow & P. Sydow, é uma das principais doenças foliares da cultura da soja. Assim, objetivou-se com esse trabalho avaliar os efeitos das épocas de semeadura, populações de plantas e doses reduzidas de fungicidas na severidade da ferrugem asiática e seus reflexos no desenvolvimento e na produtividade da soja, cultivar MG/BR-46 (Conquista). Experimentos de campo foram conduzidos nos anos agrícolas de 2009/2010 e 2010/2011, sob infestação natural da ferrugem asiática. A partir do surgimento dos primeiros sintomas da ferrugem, iniciaram-se as pulverizações com os tratamentos fungicidas e as avaliações da severidade da doença. Para compreender a natureza e a extensão dos efeitos dos tratamentos, uma análise multivariada de fatores foi aplicada. Para a maioria das diferentes características agronômicas avaliadas e fatores, de um terço a dois terços da variabilidade pode ser explicada por mudanças na população de plantas ou por diferenças nos tratamentos com fungicidas; e o restante, pela variação na época de semeadura. Os tratamentos com fungicidas e a época de semeadura são determinantes na severidade da doença e na interferência desta na produtividade da cultura. Caracteres relacionados ao desenvolvimento vegetativo são mais dependentes das variações na população de plantas. As menores severidades da ferrugem asiática com os tratamentos fungicidas azoxystrobina + ciproconazol, refletiram em produtividades superiores. A população de plantas pode ser reduzida até 160 mil plantas ha-1 sem prejuízos no controle da doença e na produtividade da soja. No geral, semeaduras mais precoces proporcionaram aumento das características agronômicas relacionadas ao desenvolvimento vegetativo das plantas, apesar do controle menos eficiente da ferrugem.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-06-10

How to Cite

BARBOSA, G.F., CENTURION, M.A.P. da C. and FERRAUDO, A.S., 2014. Potencial do manejo integrado da ferrugem asiática da soja: severidade da doença, desenvolvimento vegetativo e componentes da produção, cultivar MG/BR-46 (Conquista) . Bioscience Journal [online], vol. 30, pp. 76–89. [Accessed9 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15037.

Issue

Section

Agricultural Sciences