Efeito de fungicidas e herbicidas no controle de Sclerotinia sclerotiorum

Authors

  • Riccely Ávila Garcia Universidade Federal de Goiás
  • Fernando Cezar Juliatti Universidade Federal de Uberlândia
  • Kássia Aparecida Garcia Barbosa Universidade Federal de Goiás

Keywords:

Glycine max. Crescimento micelial. Podridão branca da haste. Severidade.

Abstract

O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de fungicidas e herbicidas sobre o crescimento micelial de S. sclerotiorum, e o efeito preventivo e curativo de fungicidas no controle da podridão branca da haste da soja. No experimento in vitro, vinte e oito fungicidas e quatro herbicidas, na concentração de 100 µg.i.a.mL-1, foram incorporados ao meio BDA e avaliados sobre o crescimento micelial de dois isolados. No experimento em campo, os fungicidas fluazinam, epoxiconazol+piraclostrobina, tebuconazol+trifloxistrobina, tebuconazol, ciproconazol+propiconazol, procimidona, iprodiona, vinclozolin, protioconazol, azoxistrobina+ciproconazol e tiofanato metílico, foram testados preventiva e curativamente no controle da doença. Com exceção de azoxistrobina, clorothalonil, pencycuron, quintozeno, tiofanato metílico, carboxin+thiram e carbendazim, todos os outros fungicidas inibiram entre 98% a 100% do crescimento micelial dos dois isolados. Dentre os herbicidas, clorimurom-etílico reduziu em 79,4% e 84,1% o crescimento micelial dos isolados. Os fungicidas protioconazol, iprodiona, ciproconazol+propiconazol, fluazinam, vinclozolin e epoxiconazol+piraclostrobina proporcionaram menor severidade da doença quando aplicados preventivamente. Em aplicações curativas, apenas iprodione destacou-se na redução da doença.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-12-03

How to Cite

GARCIA, R. Ávila, JULIATTI, F.C. and BARBOSA, K.A.G., 2013. Efeito de fungicidas e herbicidas no controle de Sclerotinia sclerotiorum . Bioscience Journal [online], vol. 29, no. 6, pp. 1989–1996. [Accessed8 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/14159.

Issue

Section

Agricultural Sciences