Estado nutricional e produção de massa seca da alfafa em função de doses de potássio em dois solos

Authors

  • Valdeci Orioli Júnior Instituto Federal do Triângulo Mineiro
  • Edson Luiz Mendes Coutinho Universidade Estadual Paulista
  • André Mendes Coutinho Neto Universidade Estadual Paulista
  • Saulo Strazeio Cardoso Universidade Estadual Paulista

Abstract

A adubação potássica é de fundamental importância para cultura da alfafa em termos de rendimento, qualidade e persistência da forrageira, sobretudo em solos naturalmente pobres em K, como Latossolos e Argissolos. Assim, para avaliar os efeitos da aplicação de K na produção e estado nutricional da alfafa, conduziu-se um experimento em casa de vegetação utilizando-se amostras de um Latossolo Vermelho distrófico textura média (LV) (0,6 mmolc dm-3 de K) e um Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico textura arenosa/média (PVA) (2,2 mmolc dm-3 de K). Adotou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 x 2 (seis doses de K e dois solos), com quatro repetições. As doses de K utilizadas foram: 0, 25, 50, 100, 150 e 200 mg kg-1 de K. Adubação potássica aumentou o teor de K no solo e na parte aérea das plantas. Com a concentração de K na parte aérea por volta de 10 g kg-1, as plantas apresentaram sintomas típicos de deficiência deste nutriente. O fornecimento de K elevou também a concentração de N na parte aérea das plantas cultivadas no LV. Com exceção do primeiro corte das plantas cultivadas no PVA, a adição de K incrementou a produção de massa seca da alfafa. Os níveis críticos de K no solo e na parte aérea de alfafa foram, 1,8 mmolc dm-3 e 16,7 g kg-1, respectivamente.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-06-10

How to Cite

ORIOLI JÚNIOR, V., COUTINHO, E.L.M., COUTINHO NETO, A.M. and CARDOSO, S.S., 2014. Estado nutricional e produção de massa seca da alfafa em função de doses de potássio em dois solos . Bioscience Journal [online], vol. 30, pp. 31–38. [Accessed28 November 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/14111.

Issue

Section

Agricultural Sciences