CHANGE IN SOIL FERTILITY IN AMAZONIAN FOREST CONVERSION FOR DIFFERENT SYSTEMS IN THE NORTHERN STATE OF PARA, BRAZIL

Authors

  • Carlos Antonio da Silva Junior Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Cácio Luiz Boechat Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Laércio Alves de Carvalho Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Keywords:

Soil fertility, soil conservation, vegetation management, soil use, exploration system.

Abstract

Whereas soil is the basis for farming and forestry sustainable, it is necessary to adopt management practices that maintain and or restore fertility of the soil. The study was conducted in Concórdia do Pará city, in northern of Pará state, in an Oxisol (or Latossolo vermelho distroférrico according to Brasil soil classification). The experimental design was randomized blocks, in a factorial 5 x 2, with five treatments (AP - pasture area, SAF - area under agroforestry, MN - area under native forest, CP - area under scrub and CM - Area cultivated with cassava) and two depths (0 to 0.10 and 0.10-0.20 m), with five replications. The results were evaluated by analysis of variance (ANOVA) followed by Tukey test (p<0.05) for comparison of means, when significant. The unique chemical characteristics of the soil, considering the forest as a reference have been changed according to the plant and system management strategies used. The organic matter, the main attribute related to soil fertility was directly affected with changes of the original vegetation. The SAF system studied, showed no improvements in soil fertility or even maintained the quality near the ground under the native forest, except for the content of the element phosphorus. Results indicated that the conversion of original vegetation (rainforest) to other systems, cause mainly a decline in soil organic carbon.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Carlos Antonio da Silva Junior, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Possui curso técnico profissionalizante em Agropecuária pela Universidade Estadual de Maringá (2006) e curso de Disseminadores de Educação Fiscal pela Escola de Administração Fazendária-ESAF (2008). Bolsista de Iniciação Científica da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-CNPq (2009), onde é graduando do curso de Engenharia Agronômica, com ênfase em Geoprocessamento e Física do Solo. Atuando principalmente nos seguintes temas: cana-de-açúcar, geoestatística, manejo e conservação do solo e sensoriamento remoto agrícola.

Cácio Luiz Boechat, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Técnico em Agropecuária - CTUR (2001), Graduação em Agronomia - UNIVALE (2008), Especialização em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas no Agronegócio - UFLA (2009), Mestrado em Ciências Agrárias (Área de concentração em Ciência do Solo) pela UFRB (2011) e Doutorando em Ciência do Solo pela UFRGS. Tem experiência na Área de Pesquisa, com ênfase em Ciência do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: Uso de Resíduos Sólidos na Agricultura; Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; Contaminação por Elementos-traço e Recuperação Ambiental. Membro do grupo de pesquisa "Avaliação agrícola de resíduos industriais" (2005 a 2008) e do grupo de pesquisa "Qualidade e Sustentabilidade de Ecossistemas Impactados - ECOSIMPA" (2009 a 2011).

Laércio Alves de Carvalho, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Bahia (2000), mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (2003), doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (2006) e Pós-doutorado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2010). Atualmente é professor efetivo do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, docente permanente dos Programas de Mestrado em Agronomia e Recursos Naturais da mesma Instituição. Também é coordenador da Câmara Especializada em Agronomia (CREA-MS). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase Física do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo e conservação do solo em áreas de cana-de-açúcar, água no solo e geoestatística.

Published

2012-06-18

How to Cite

SILVA JUNIOR, C.A. da, BOECHAT, C.L. and CARVALHO, L.A. de, 2012. CHANGE IN SOIL FERTILITY IN AMAZONIAN FOREST CONVERSION FOR DIFFERENT SYSTEMS IN THE NORTHERN STATE OF PARA, BRAZIL. Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 4. [Accessed20 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13640.

Issue

Section

Agricultural Sciences