Production and bromatological composition of pearl millet genotypes for pasture manned in different cutting heights

Authors

  • Hélida Fernandes Leão Universidade Federal de Goiás
  • Kátia Aparecida de Pinho Costa Instituto Federal Goiano
  • Fernando José dos Santos Dias Universidade Federal de Goiás
  • Eduardo da Costa Severiano Instituto Federal Goiano
  • Edgar Alain Collao-Saenz Universidade Federal de Goiás
  • Gustavo André Simon Universidade de Rio Verde

Abstract

Desenvolveu-se esse estudo com o objetivo de avaliar a produção e a composição bromatológica de genótipos de milheto, manejados em diferentes alturas e submetidos a vários cortes. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos completos ao acaso, com medidas repetidas no tempo, com quatro repetições, em esquema fatorial 3 x 3, sendo três cultivares de milheto (ADR 500, LAB 1542 e LAB 1838) e três alturas média de cortes (60; 80 e 100 cm). As avaliações foram realizadas durante quatro meses, consistindo de avaliações por cortes nas mesmas parcelas. Os resultados demonstraram que os genótipos de milheto representam uma boa alternativa para pastejo. Os genótipos (ADR 500; LAB 1542 e LAB 1838), apresentaram produção de massa seca e composição bromatológica semelhantes entre os materiais. A qualidade da forragem é afetada pelo manejo da altura de corte, sendo assim recomenda-se que os genótipos de milheto sejam manejados nas alturas de 80 cm, para associar melhor produção e qualidade da forragem.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2012-12-21

How to Cite

LEÃO, H.F., COSTA, K.A. de P., DIAS, F.J. dos S., SEVERIANO, E. da C., COLLAO-SAENZ, E.A. and SIMON, G.A., 2012. Production and bromatological composition of pearl millet genotypes for pasture manned in different cutting heights . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 6, pp. 903–912. [Accessed3 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13464.

Issue

Section

Agricultural Sciences