Fenologia e produtividade do amendoim em diferentes épocas de semeadura no recôncavo sul baiano

Authors

  • Patricia Souza da Silveira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Clovis Pereira Peixoto Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Carlos Alberto da Silva Ledo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • Adriana Rodrigues Passos Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Viviane Peixoto Borges Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Luíz Fernando Melgaço Bloisi Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Abstract

O trabalho foi feito com o objetivo de avaliar a fenologia e a produtividade de duas cultivares de amendoim (Arachis hypogaea L.) em diferentes épocas de semeadura na região do Recôncavo sul Baiano. A primeira época de semeadura foi julho-outubro e a segunda abril-julho. Para cada época, foi instalado um experimento no delineamento em blocos casualizados no esquema fatorial 2 x 2 (cultivares x época) com quatro repetições, em parcelas de 5,0 m de comprimento e largura de 4,0 m, constituídas de oito linhas cada, nas quais foram observados, a cada três dias, os estádios de desenvolvimento das plantas das cultivares Vargem Lisa e BRS Havana. Avaliou-se a fenologia (germinação, aparecimento das primeiras folhas tetrafoliadas, aparecimento dos primeiros ramos, início da floração, aparecimento do ginóforo, início da formação da vagem, final da floração e maturação completa da vagem) e a produtividade de vagens e grãos (kg ha-1). A época de semeadura e a cultivar influenciam diretamente na fenologia das plantas de amendoim. A cultivar Vagem Lisa teve um maior rendimento de vagens e grãos na segunda época de semeadura.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-06-28

How to Cite

DA SILVEIRA, P.S., PEIXOTO, C.P., SILVA LEDO, C.A. da, PASSOS, A.R., BORGES, V.P. and BLOISI, L.F.M., 2013. Fenologia e produtividade do amendoim em diferentes épocas de semeadura no recôncavo sul baiano . Bioscience Journal [online], vol. 29, no. 3, pp. 553–561. [Accessed1 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13437.

Issue

Section

Agricultural Sciences