Potencial alelopático do extrato aquoso de folhas de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. na germinação de Lactuca sativa L.

Authors

  • Patrícia Fernandes da Silveira Universidade Federal do Ceará
  • Sandra Sely Silveira Maia Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Maria de Fátima Barbosa Coelho Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira

Abstract

O trabalho teve o objetivo de avaliar o potencial alelopático de folhas da jurema preta sobre a germinação de sementes e crescimento de plântulas de alface. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com cinco concentrações do extrato bruto (0%, 25%, 50%, 75% e 100%) com quatro repetições de 20 sementes. As características avaliadas foram a porcentagem de germinação (G), índice de velocidade de germinação (IVG), porcentagem de plântulas normais (PN) e anormais (PA), comprimento da parte aérea (CPA) e da raiz (CR) nas plântulas de alface. Todas as plântulas de alface expostas aos extratos da jurema-preta apresentaram comportamento semelhante com relação ao CR e CPA, ou seja, quanto maior a concentração dos extratos, menores os valores de CR e CPA. Os extratos aquosos de folhas frescas de jurema-preta apresentam efeito alelopático negativo sobre as sementes e o desenvolvimento de plântulas de alface

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2012-06-29

How to Cite

SILVEIRA, P.F. da, MAIA, S.S.S. and COELHO, M. de F.B., 2012. Potencial alelopático do extrato aquoso de folhas de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poir. na germinação de Lactuca sativa L. . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 3, pp. 472–477. [Accessed7 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/12409.

Issue

Section

Biological Sciences