Reação fenotípica de genótipos de abóboras ao vírus da mancha anelar do mamoeiro, estirpe melancia (Pappaya ringspot virus, strain watermelon - PRSV-W)

Authors

  • Ildon Rodrigues do Nascimento Universidade Federal do Tocanitns
  • Luniara Bastos dos Santos Agrônoma
  • Renato de Almeida Sarmento Universidade Federal do Tocantins
  • Antônia dos Reis Figueira Universidade Federal Lavras
  • Gilberto Iris Souza de Oliveira Universidade Federal do Tocantins
  • Raimundo Wagner de Souza Aguiar Universidade Federal do Tocantins

Abstract

O Pappaya ringspot vírus, estirpe melancia - PRSV-W, é a principal doença virótica das abóboras em condições tropicais. O trabalho objetivou avaliar a resistência fenotípica e o padrão de sintomas apresentados por genótipos de abóboras (Cucurbita spp.) ao PRSV-W. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições e 10 plantas por parcela. Foram realizadas duas inoculações, a primeira na fase cotiledonar e a segunda cinco dias após a primeira. As plantas foram avaliadas quanto ao aparecimento de sintomas durante 30 dias, começando 10 dias após a segunda inoculação, através de uma escala de notas, em que: nota - 1: plantas com folhas sem sintomas de mosaico e; nota - 5: plantas com folhas apresentando mosaico intenso, com bolhosidade e presença de deformações foliares mais severas. Foram avaliados nove genótipos, dos quais três são regionais ï›ABTO#01 e ABTO#02 (C. maxima); ABTO#03 (C. moschata)ï; e seis são cultivares comerciais [cv. Caserta (C. pepo); cvs. Menina Brasileira; Paulista; Baianinha; Jacarezinho (C. moschata); e o híbrido interespecífico Tetsukabuto ou Kabutiá (C. máxima x C. moschata)]. Também foram avaliadas progênies endogâmicas do acesso ABTO#01. Apenas o genótipo regional ABTO#01 não apresentou sintomas durante o período de avaliação, sendo considerado resistente. Todos os genótipos comerciais foram suscetíveis e os sintomas apresentados foram bolhosidades, mosaicos, estreitamento foliar e subdesenvolvimento. Todas as progênies endogâmicas oriundas do acesso ABTO#01 avaliadas foram resistentes ao PRSV-W e, portanto, constituem progênies promissoras para serem utilizadas em programas de melhoramento genético da abóbora para a região do Tocantins.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2012-05-02

How to Cite

NASCIMENTO, I.R. do, SANTOS, L.B. dos, SARMENTO, R. de A., FIGUEIRA, A. dos R., OLIVEIRA, G.I.S. de and AGUIAR, R.W. de S., 2012. Reação fenotípica de genótipos de abóboras ao vírus da mancha anelar do mamoeiro, estirpe melancia (Pappaya ringspot virus, strain watermelon - PRSV-W) . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 2, pp. 191–197. [Accessed3 March 2024]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/11663.

Issue

Section

Agricultural Sciences