Expressão transiente do gene uidA em explantes foliares de Eucalyptus saligna Sm. transformado via Agrobacterium tumefaciens

Authors

  • André Luís Lopes da Silva Universidade Federal do Paraná
  • Yohana de Oliveira Universidade Federal do Paraná
  • Marcia Procopiuk Universidade Federal do Paraná
  • Clarissa de Souza Mudry Universidade Federal do Paraná
  • Gilvano Ebling Brondani Universidade Federal do Paraná
  • Jefferson da Luz Costa Universidade Federal do Tocantins
  • Gessiel Newton Scheidt Universidade Federal do Tocantins

Abstract

O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência do pré-cultivo de explantes foliares e do meio de cultura na ressuspensão de Agrobacterium tumefaciens para infecção dos explantes. Os meios MS/2 (50% da concentração de sais) e MS N/2 (50% da concentração de NH4NO3 e KNO3) + PGR (1,0μM de TDZ (thidiazuron) + 0,1 μM de ANA (ácido naftalenoacético)) foram testados na ressuspensão da bactéria para infecção dos explantes. O pré-cultivo consistiu da manutenção dos explantes em meio de cultura para formação de calos (MS N/2 + PGR) durante um dia, sendo o tratamento sem pré-cultivo consistituído dos explantes após a excissão dos mesmos. Os explantes foram mantidos no escuro a 25 ± 2ºC mediante a utilização de plástico preto. O delineamento usado foi o inteiramente casualisado com 20 explantes. Os experimentos foram repetidos duas vezes. O meio MS/2 promoveu resultados superiores (22,4%) comparado ao meio MS N/2 + PGR (14,5%) para a percentagem de área com expressão do gene uidA. Aos 7 dias de cultivo em meio seletivo, a percentagem de área expressando o gene uidA foi 1,6 no MS/2 e 0% para o MS N/2 + PGR. O pré-cultivo produziu resultados superiores aos encontrados sem pré-cultivo, atingindo 31,4% de expressão transiente e no tratamento sem pré-cultivo 2,1%. Após 7 dias de cultivo em meio seletivo, a percentagem de área de expressão dos explantes do tratamento com pré-cultivo permaneceu 4,8% e 0% para o tratamento sem pré-cultivo. Os resultados indicam que o pré-cultivo e ressuspensão da bactéria em meio MS/2 aumentaram a eficiência da expressão transiente do gene uidA em explantes foliares de E. saligna.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-03-04

How to Cite

LOPES DA SILVA, A.L., DE OLIVEIRA, Y., PROCOPIUK, M., DE SOUZA MUDRY, C., BRONDANI, G.E., COSTA, J. da L. and SCHEIDT, G.N., 2013. Expressão transiente do gene uidA em explantes foliares de Eucalyptus saligna Sm. transformado via Agrobacterium tumefaciens . Bioscience Journal [online], vol. 29, no. 1, pp. 1–7. [Accessed7 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/11301.

Issue

Section

Agricultural Sciences