Anti-anti-iluminismo: a teoria da história segundo Estevão de Rezende Martins

Autores

  • Sérgio da Mata

DOI:

https://doi.org/10.14393/artc-v21-n38-2019-50172

Resumo

MARTINS, Estevão C. de Rezende. Teoria e filosofia da história: contribuições para o ensino de história. Curitiba: W. A. Editores, 2017, 331 p.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio da Mata

Doutor em História Ibérica e Latino-americana pela Universität zu Köln, UK/Alemanha. Professor do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Pesquisador do CNPq. Autor, entre outros livros, de A fascinação weberiana: as origens da obra de Max Weber. Belo horizonte: Fino Traço, 2013.

Referências

BLUMENBERG, Hans. Teoría del mundo de la vida. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2013.

HUSSERL, Edmund. Fenomenología de la consciencia del tiempo inmanente. Buenos Aires: Editorial Nova, 1959.

LILLA, Mark. A mente imprudente: os intelectuais na atividade política. Rio de Janeiro: Record, 2017 e PINKER, Steven. O novo iluminismo: em defesa da razão, da ciência e do humanismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

LÜBBE, Hermann. Theorie der Entscheidung. Studien zum Primat der praktischen Vernunft. Freiburg: Rombach, 1971.

RÜSEN, Jörn. Razão histórica. Teoria da história: os fundamentos da ciência histórica. Brasília: UnB, 2001.

Downloads

Publicado

2019-06-12

Como Citar

da Mata , S. . (2019). Anti-anti-iluminismo: a teoria da história segundo Estevão de Rezende Martins. Artcultura, 21(38), 199–205. https://doi.org/10.14393/artc-v21-n38-2019-50172

Edição

Seção

Resenhas