Brasilidade às avessas: ópera, samba e Natal à alemã no filme Aleluia, Gretchen! (1976)

Autores

  • Rosane Kaminski

Resumo

O objetivo deste texto é refletir sobre as articulações entre cinema e história no contexto brasileiro dos anos 1970, a partir da análise do filme Aleluia, Gretchen! (1976), dirigido por Sylvio Back. O eixo da análise privilegia as relações de poder entre Repo, um serviçal negro, e Frau Lotte, sua patroa. A reflexão sobre o filme permite estabelecer aproximações entre o que é mostrado na tela e algumas questões centrais nos debates culturais e políticos do tempo em que ele foi realizado, mais especificamente o autoritarismo do governo militar e a sua proposta de Política Nacional de Cultura (PNC).

Palavras-chave: cinema e história; cinema brasileiro; Sylvio Back.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosane Kaminski

Doutora em História pela Universidade do Paraná (UFPR). Professora do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da UFPR. Coorganizadora do livro Arte e política no Brasil: modernidades. São Paulo: Perspectiva, 2014.

Downloads

Publicado

2016-06-17

Como Citar

Kaminski, R. (2016). Brasilidade às avessas: ópera, samba e Natal à alemã no filme Aleluia, Gretchen! (1976). Artcultura, 17(30). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/34820

Edição

Seção

Artigos