O maestro da ordem: Villa-Lobos e a cultura cívica nos anos 1930/1940

Autores

  • Maurício Barreto Alvarez Parada

Resumo

Na década de 1930 o ensino musical tornou-se parte importante das atividades pedagógicas do currículo escolar no Brasil. A introdução da disciplina de canto orfeônico nas escolas estava associada a um projeto político-pedagógico que visava o incentivo de valores cívicos e práticas individuais de auto-controle. Dentro desse quadro a atuação de Heitor Villa-Lobos, assim como a políticas educacionais traçadas pela Superintendência de Ensino Musical e Artístico do distrito Federal (SEMA), foram de extrema importância. Esse texto procura analisar essa conjuntura relacionando-a com o desenvolvimento das grandes manifestações cívicas produzidas durante o Estado Novo.
PALAVRAS-CHAVE: educação musical; civismo; política.
ABSTRACT: In the decade of 1930 musical education became important part of the pedagogical activities of the Brazilian school. The introduction of discipline of orpheonic chant in the schools was associated with a politicial and pedagogical project that aimed at the incentive of individual practical civic values and of self-control. The performance of Heitor Villa-Lobos, as well as the educational politics traced by the Supervision of Musical and Artistic Education of the Federal district (SEMA), had been of extreme importance at this time. This text analyze this conjuncture relatingit with the development of the great produced civic manifestations during the brazilian "Estado Novo�.
KEYWORDS: musical education; civism; politics.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-11-04

Como Citar

Parada, M. B. A. (2009). O maestro da ordem: Villa-Lobos e a cultura cívica nos anos 1930/1940. Artcultura, 10(17). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/3231

Edição

Seção

Artigos