Retórica e estética na música no século XVIII

Autores

  • Mônica Lucas

Resumo


Este artigo mostra como a música no século XVIII desvinculou-se progressivamente dos princípios poéticoretóricos que a definiam como ars liberalis e como scientia, passando a ser compreendida pelo viés estético das belas- artes. Para isso, resgata em um primeiro momento o fundamento moral da concepção poético-retórica, sintetizada na noção de decoro. A seguir, evidencia como esse critério vai sendo substituído pela noção estética de beleza e por suas premissas definidoras: as idéias de equilíbrio interno e de originalidade. Com isso, demonstra que o resgate de uma abordagem historicamente orientada dos princípios técnicos e teóricos da música do século XVIII pode proporcionar uma compreensão mais profunda dessa arte.

PALAVRAS-CHAVE: retórica; estética; música setecentista.

ABSTRACT

This article shows how music released itself, in the Eighteenth-Century, from the poetic and rhetoric principles that defined it as ars liberalis and as scientia, and how it started to be comprehended according to the aesthetic vision of the fine-arts. Therefore, it recovers, in first place, the ethical basis of the poetic-rhetoric vision, expressed in the notion of decorum. In second place, it demonstrates how this criterion was substituted by the aesthetic notion of beauty and by its defining principles: the ideas of internal symmetry and originality. This article shows that recovering a historically oriented view of the technical and theoretical principles of Eighteenth-Century music allows us to have a more profound comprehension of this art.

KEYWORDS: rhetoric; aesthetic; Eighteenth- Century music.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Lucas

Doutora em Música pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Clarinetista, grava, atualmente, como membro da orquestra Rheinische Kantorei, para o selo WDR

Downloads

Como Citar

Lucas, M. (2008). Retórica e estética na música no século XVIII. Artcultura, 9(14). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/1459

Edição

Seção

Artigos