Luzes e colonização no romance Le législateur moderne ou les mémoires du Chevalier de Meillcourt, do Marquês d'Argens

Autores

  • Luiz Carlos Villalta Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo


O romance Le législateur moderne ou les mémoires du Chevalier de Meillcourt, do Marquês d'Argens, publicado em 1739, narra as reflexões filosóficas, as venturas e as desventuras do Cavalheiro de Meillcourt, filho do conde de mesmo nome. Educado segundo uma concepção materialista pelo pai, que se refugiara na Holanda e fora discípulo de Spinosa, Meillcourt empreende uma viagem marítima, naufragando na costa africana, no andico. Na ilha, desenvolve uma ação pacificadora, colonizadora e civilizadora, discorrendo sobre a relação entre Estado, sociedade e religião, defendendo, ao mesmo tempo, a tolerância religiosa e a monarquia. O prefácio do livro traz uma crítica violenta às colonizações feitas por Espanha e Portugal e, inversamente, uma defesa das colonizações inglesa e holandesa. O propósito deste texto é analisar as menções feitas a Portugal no romance, bem como sua correlação com o pensamento das Luzes.

PALAVRAS-CHAVE: novela; colonização; Marquês d'Argens.

ABSTRACT

The novel Le législateur moderne ou les mémoires du Chevalier de Meillcourt, written by Marquis d'Argens, published in 1739, presents philosophical reflexions, the adventures and mis-fortunes of Chevalier de Meillcourt, son of the count of the same name. He was educated according to a materialistic concept by his father, who fled to Holland and became Spinosa's disciple. Meillcourt goes on voyage and sinks on the African coast, in the Indic Ocean, close to an island. In this island, he pacifies, colonizes and civilizes the people. He lectures on the relationship between the State, the society and the religion and at the same time he defends the religious tolerance and the monarchy. The book's preface brings a violent critic against the colonization done by Spain and Portugal and, on the contrary, defends the English and Dutch colonizations. The purpose of this article is to study how the novel focuses on the Portuguese and the colonization, as well as its relationship with the Enlightenment thinking.

KEYWORDS: novel; colonization; Marquis d'Argens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Villalta, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Departamento de História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pesquisador do CNPq. Autor, entre outros livros, de 1789-1808: império luso-brasileiro e os brasis. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

Downloads

Como Citar

Villalta, L. C. (2007). Luzes e colonização no romance Le législateur moderne ou les mémoires du Chevalier de Meillcourt, do Marquês d’Argens. Artcultura, 8(13). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/artcultura/article/view/1431

Edição

Seção

Dossiê História & Literatura