O Plantão do Jornal Nacional como resposta ao silenciamento bolsonarista

uma análise discursiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/HTP-v3n1-2021-59067

Palavras-chave:

Análise de Discurso, Silenciamento, Censura, Jornal Nacional, Covid-19

Resumo

Inserido nos estudos de análise de discurso franco-brasileira, doravante AD, este artigo tem como objetos os fatos que levaram à exibição do Plantão do Jornal Nacional em 5 de junho de 2020, para noticiar o número de casos de Covid-19 e de mortes em decorrência dessa doença, e o próprio boletim jornalístico, exibido em horário nobre após a interrupção da programação. O plantão foi uma resposta à decisão do governo federal, por meio do Ministério da Saúde, de retardar a divulgação desses números, e à declaração do presidente Jair Bolsonaro, na mesma data, de que a medida acabaria com as matérias sobre o tema veiculadas no noticiário. A análise parte da hipótese de ter havido censura – do ponto de vista da AD – à imprensa brasileira e, em especial, ao JN. Para isso, o estudo se baseia em Orlandi (2007, 1987), para verificar se teria havido uma política do silêncio; ou seja: um processo de silenciamento que limitaria os sujeitos no percurso de sentidos e atingira justamente os cidadãos mais vulneráveis. São basilares ao estudo, que tem como fim somar às pesquisas que versam sobre a cobertura da pandemia por parte da mídia, conceitos como efeitos de sentido e memória discursiva (PÊCHEUX, 2014). Ao final, conclui-se que Bolsonaro lançou mão de uma memória discursiva própria dos regimes autoritários – nesse caso, à extrema-direita –, mas sua estratégia foi suplantada por meio dos efeitos de sentido advindos do plantão jornalístico, que acabou por dar mais destaque aos dados censurados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nelson Figueira Sobrinho, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Doutorando em Letras (Unioeste – campus Cascavel). Mestre em Sociedade, Cultura e Fronteiras (Unioeste – campus Foz do Iguaçu). Graduado em Comunicação Social – Jornalismo.

Dantielli Assumpção Garcia, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Docente nos cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Bolsista Produtividade Fundação Araucária (PR).

Referências

ALMEIDA, Napoleão Mendes de. Gramática metódica da língua portuguesa. São Paulo: Saraiva, 2009.

ALMEIDA, Ronaldo de. Bolsonaro presidente: conservadorismo, evangelismo e a crise brasileira. Novos estudos – CEBRAP, São Paulo, v. 38, n. 1, jan./abr. 2019. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/nec/v38n1/1980-5403-nec-38-01-185.pdf>. Acesso em: 12 dez. 2020.

AMORIM, Paulo Henrique. O quarto poder – uma outra história. São Paulo: Hedra, 2015.

BENÍCIO, Jeff. Bolsonaro chama Globo de lixo e ameaça não renovar concessão. Terra, São Paulo, 30 abr. 2020. Disponível em: <https://www.terra.com.br/diversao/tv/blog-sala-de-tv/bolsonaro-chama-globo-de-lixo-e-ameaca-nao-renovar-concessao,effc5747cf07d7fcda063264f5021b7c9ccdg7wc.html>. Acesso em: 19 mar. 2021.

BILIONÁRIOS da América Latina aumentaram fortuna em US$ 48,2 bilhões durante a pandemia. Oxfam Brasil, São Paulo: [s. n.], 27 jul. 2020. Disponível em: <https://www.oxfam.org.br/noticias/bilionarios-da-america-latina-e-do-caribe-aumentaram-fortuna-em-us-482-bilhoes-durante-a-pandemia-enquanto-maioria-da-populacao-perdeu-emprego-e-renda/>. Acesso em: 13 jan. 2020.

BOLSONARO defende atraso em boletins de Covid para “não atender a Globo”. UOL, São Paulo, Universo Online, 5 jun. 2020. Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/06/05/bolsonaro-defende-atraso-em-boletins-de-covid-para-nao-atender-a-globo.htm>. Aceso em: 29 nov. 2020.

BRASIL é destaque no mundo por não divulgar dados de mortes por Covid-19. BBC News Brasil, São Paulo: BBC, 8 jun. 2020. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/brasil-52967730>. Acesso em: 5 dez. 2020.

CASTANHEIRA, Karol Natasha Lourenço. “Tchau, querida”: os enquadramentos do Jornal Nacional no processo de impeachment. 2018. 254f. Tese (Doutorado em Comunicação) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/157313>. Acesso em: 20 jun. 2020.

CARVALHO, Daniel; CANCIAN, Natália. ‘Um manda, o outro obedece’, diz Pazuello ao receber Bolsonaro após crise da vacina. Folha de S. Paulo, São Paulo, 22 out. 2020. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/10/um-manda-o-outro-obedece-diz-pazuello-ao-receber-bolsonaro-apos-crise-da-vacina.shtml>. Acesso em: 19 mar. 2021.

EMERIM, Cárlida. Semiótica discursiva aplicada ao jornalismo: estudo de vinhetas televisivas. In: SEMINÁRIO LEITURA DE IMAGENS PARA A EDUCAÇÃO: MÚLTIPLAS MÍDIAS, 10., 2017, Florianópolis, SC. Anais..., Florianópolis: Udesc, 2017, p. 47-60.

ESCRITÓRIO DAS NAÇÕES UNIDAS DE COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS HUMANITÁRIOS (OCHA). Plano de resposta humanitária global Covid-19 – apelo coordenado das Nações Unidas. Genebra (Suíça): Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários, jan./dez. 2020. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/arquivos/plano-de-resposta-humanitaria-global-2013-covid-19-versao-em-lingua-portuguesa>. Acesso em: 1 dez. 2020.

FERNANDES, Henrique Barroso. Expressão perifrástica da categoria gramatical verbal aspecto em português contemporâneo (I). Separata da revista Diacrítica, Braga (Portugal), n. 5, p. 20-42, 1990. Disponível em: <https://core.ac.uk/download/pdf/55625201.pdf>. Acesso em: 11 jan., 2021.

GARCIA, Gustavo. 'Acabou matéria do Jornal Nacional', diz Bolsonaro sobre atrasos na divulgação de mortos por coronavírus. G1, Brasília, DF, 5 jun. 2020. Disponível em: <https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/06/05/dados-do-coronavirus-bolsonaro-defende-excluir-de-balanco-numero-de-mortos-de-dias-anteriores.ghtml>. Acesso em: 4 dez. 2020.

GLOBO anuncia números da Covid-19 em plantão e web vibra com “deboche” a Bolsonaro. Yahoo, [S. l], 6 jun. 2020. Disponível em: <https://esportes.yahoo.com/noticias/globo-plantao-covid-deboche-bolsonaro-131230028.html?guccounter=1&guce_referrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS8&guce_referrer_sig=AQAAADWjD-jyocKYv8yxMJD8nyf0132IWsPDHxnkXP9LQFbshtVBQRNB00xATSyy9GU8-AKZracf11Bpb1HWE9PAa2eywwh49EwZqiZwOYJ0rs1--MucLFp5rRjd4QO4DRGODOuCVjPopEHKiaqIvoNQMsD0UsevF6UwfoiYW3tUL0VX>. Acesso em: 6 dez. 2020.

HERZ, Daniel. A história secreta da Rede Globo. Porto Alegre: Tchê, 1987.

IBGE – Instituto Brasileiro de Pesquisa e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD COVID19. Rio de Janeiro, IBGE, 2020. Disponível em: <https://covid19.ibge.gov.br/pnad-covid/>. Acesso em: 13 jan. 2021.

JORNAL NACIONAL. Rede Globo, São Paulo, 5 jun. 2020. Programa de TV. Disponível em: <https://globoplay.globo.com/v/8607222/>. Acesso em: 1 dez. 2020.

JUNQUEIRA, Caio. Em reunião ministerial, Bolsonaro manda recado e Mandetta silencia. CNN Brasil, São Paulo, 14 abr. 2020. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2020/04/14/em-reuniao-ministerial-bolsonaro-manda-recado-e-mandetta-silencia>. Acesso em: 19 mar. 2021.

LADEIRA, Francisco Fernandes. A relação entre Rede Globo e governo Bolsonaro. Observatório da Imprensa, São Paulo, n. 1074, 11 fev. 2020. Disponível em: <http://www.observatoriodaimprensa.com.br/televisao/a-relacao-entre-rede-globo-e-governo-bolsonaro/>. Acesso em: 19 mar. 2021.

LEMOS, Christina, Eduardo Pazuello assume Saúde interinamente após saída de Teich. R7, [s. l.], 15 maio 2020. Disponível em: <https://noticias.r7.com/brasil/eduardo-pazuello-assume-saude-interinamente-apos-saida-de-teich-15052020>. Acesso em: 3 dez. 2020.

LIMA, Venício A. de. Notas preliminares sobre o jornalismo da Rede Globo: um “estudo de caso” sobre o DF-TV. In: LIMA, V. A. de. Mídia: Teoria é política. 2. ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2012, p. 257- 271.

MASCARO, Alysson Leandro. Crise e pandemia. (Série Pandemia Capital). São Paulo: Boitempo, 2020. (E-book Kindle)

ONU alerta sobre milhões de pessoas caindo em pobreza extrema após Covid-19. ONU NEWS – Perspectiva Global, Reportagens Humanas, [s. l.: s. n.], 3 dez. 2020a. Disponível em: <https://news.un.org/pt/story/2020/12/1734972>. Acesso em: 12 jan. 2021.

ONU prevê a maior crise humanitária desde a 2ª Guerra Mundial. Andes – Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, Brasília, DF, [s. n.], 8 dez. 2020b. Disponível em: <https://www.andes.org.br/conteudos/noticia/oNU-preve-a-maior-crise-humanitaria-desde-a-2a-guerra-mundial1>. Acesso em 13 jan. 2020.

ORLANDI, Eni Puccinelli. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. 2. ed. Campinas, SP: Pontes, 1987.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. 6. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007a. (E-book Kindle). DOI: https://doi.org/10.7476/9788526814707

ORLANDI, Eni Puccinelli. Interpretação – autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Campinas, SP: Pontes Editores, 2007b.

ORLANDI, Eni. Paráfrase e polissemia. A fluidez nos limites do simbólico. Rua, Campinas, n. 4: p. 9-19, 1998. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8640626>. Acesso em: 23 maio 2020.

PADIGLIONE, Cristina. Audiência de telejornalismo explode durante crise do novo coronavírus. Folha de S. Paulo, São Paulo, 19 mar. 2020. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2020/03/audiencia-de-telejornalismo-explode-durante-crise-do-novo-coronavirus.shtml>. Acesso em: 22 maio 2020.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, Inversões, Deslocamentos. Tradução José Horta Nunes. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 19, p. 7-24, jul./dez. 1990. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636823>. Acesso em: 26 jul. 2020. DOI: https://doi.org/10.20396/cel.v19i0.8636823

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso (AAD-69). In: GADET, F.; HAK, T. (orgs.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 5. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2014a, p. 59-158.

PÊCHEUX, Michel. Só há causa daquilo que falha ou o inverno político francês: início de uma retificação. In: PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução Eni Puccinelli Orlandi et al. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2014b, p. 269-281.

PLANTÃO DO JORNAL NACIONAL. Rede Globo, São Paulo, 5 jun. 2020. Programa de TV. Disponível em: <https://globoplay.globo.com/v/8607221/>. Acesso em: 1 dez. 2020.

PORTO, Mauro P.; NEVES, Daniela; LIMA, Barbara.Televisão, crise hegemônica e ascensão da extrema direita: Globo e Record nas eleições presidenciais de 2018. In: VIII CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM COMUNICAÇÃO E POLÍTICA (VIII COMPOLÍTICA), 2019, Brasília. Anais..., Brasília: Universidade de Brasília (UnB), 2019.

RAÇA e Covid no município de São Paulo. Instituto Pólis, São Paulo, [s. l.: s. n.], jul. 2020. Disponível em: <https://polis.org.br/estudos/raca-e-covid-no-msp/>. Acesso em: 13 jan. 2020.

SOUZA, André de. Antes de pronunciamento de Bolsonaro, Ministério da Saúde recomendou em redes sociais evitar sair de casa. O Globo, Rio de Janeiro, 26 mar. 2020. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/antes-de-pronunciamento-de-bolsonaro-ministerio-da-saude-recomendou-em-redes-sociais-evitar-sair-de-casa-24330308>. Acesso em: 19 mar. 2021

TROCA de ministros na pandemia. Radis Comunicação e Saúde. Radis Comunicação e saúde, Rio de Janeiro: Fiocruz, 5 maio 2020. Disponível em: <https://radis.ensp.fiocruz.br/index.php/home/noticias/troca-de-ministros-na-pandemia>. Acesso em: 3 dez. 2020.

VEÍCULOS de comunicação formam parceria para dar transparência a dados de Covid-19. G1, [s. l.: s. n.], 8 jun. 2020. Disponível em: <https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/06/08/veiculos-de-comunicacao-formam-parceria-para-dar-transparencia-a-dados-de-covid-19.ghtml>. Acesso em: 12 jan. 2021.

VENAGLIA, Guilherme. Eduardo Pazuello toma posse como ministro efetivo da Saúde. CNN Brasil, São Paulo, 16 set. 2020. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2020/09/16/eduardo-pazuello-toma-posse-como-ministro-efetivo-da-saude>. Acesso em: 3 dez. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-15

Como Citar

FIGUEIRA SOBRINHO, N.; ASSUMPÇÃO GARCIA, D. O Plantão do Jornal Nacional como resposta ao silenciamento bolsonarista : uma análise discursiva. Revista Heterotópica, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 90–115, 2021. DOI: 10.14393/HTP-v3n1-2021-59067. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/RevistaHeterotopica/article/view/59067. Acesso em: 14 jun. 2024.