INVESTIGATION OF STRESS IN PRIMATES MAINTAINED IN ZOO AND ITS MAIN IMPLICATIONS ON BEHAVIOR AND WELL-BEING

Autores

  • Maria Gabriella Conceição FMU
  • Sandra Maria Da Penha Conceição Conceição Instituição CEDEP/IAMSPE-USP

DOI:

https://doi.org/10.14393/VTN-v27n1-2021-52309

Resumo

O Brasil é considerado o país com maior número de espécies de primatas conhecidos. Ambientes de cativeiros que não possuem um programa de enriquecimento ambiental, é comum que fiquem desestimulados facilmente com a vida em cativeiro, principalmente em zoológicos, podendo desenvolver uma condição de estresse crônico. Objetivo: Levantar por meio de revisão integrativa, as causas do estresse em primatas mantidos em zoológicos, enfocando as reações decorrentes dessas alterações, bem como suas implicâncias no comportamento e bem-estar. Metodologia: Revisão integrativa da literatura utilizando os descritores “Fisiopatologia”, “Estresse”, “Primatas”, “Zoológicos” e “Bem-Estar” nas principais bases de pesquisa cientifica. Resultados: De 38 artigos encontrados, 30 foram incluídos. Conclusão: Conclui-se que variações individuais no perfil comportamental expõem os primatas de maneira diferente às condições estressoras. No zoológico, a visitação, a ausência de estrutura, a diminuição do recinto, o manejo nutricional incorreto e o ambiente sem estímulos, podem ser  potenciais fontes de estresse para alguns primatas alojados.  

Palavras chave: Fisiopatologia; Estresse; Primatas; Zoológicos; Bem-Estar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Gabriella Conceição, FMU

Graduanda do curso Medicina Veterinária e aluna de iniciação cientifica no Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Apresentações de trabalhos cientificos em congressos nacionais e internacionais, com premiação.

Sandra Maria Da Penha Conceição Conceição, Instituição CEDEP/IAMSPE-USP

Enfermeira, Mestre em Ciências da Saúde pela Instituição CEDEP/IAMSPE-USP, Pós Graduada em Enfermagem em Obstetrícia pelo Centro de Estudos São Camilo, Educação em Saúde pela FIOCRUZ/USP, Aprimoramento em Unidade Básica de Saúde UNIFESP/CEFOR, MBA Gestão em serviços públicos e privados pela UNINOVE. Doutoranda em Ciências da Saúde pela Instituição CEDEP-IAMSPE. Experiência Profissional em Docência para ensino nível técnico, graduação e pós graduação nas disciplinas de Urgência e Emergência, Saúde Coletiva, Saúde Mental, Pacientes Críticos, Ética, Bioética, Exercício Profissional, Processo de Cuidar, Semiologia e Semiotécnica, Deontologia, Humanização na Assistência de Enfermagem, Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde da Mulher, Saúde do Adulto, Saúde do Idoso Vigilância em Saúde, Didática, Ciências Humanas e Sociais, Gestão em Enfermagem, Metodologia, Cuidados Paliativos, Tanatologia e Supervisão de Estágio. Hospitalar nos setores de Pronto Socorro Adulto e Infantil, Unidade de Terapia Intensiva Adulto e Neonatal, Centro Cirúrgico e Obstétrico, Central de Material Estéril, Psiquiatria, Ambulatório e Home Care. Saúde Pública atuação na Estratégia Saúde da Família. Atua como docente na Graduação e Pós-Graduação. Apresentações em congressos e participação na comissão de organização do congresso internacional ABEN-SP 2015. Editora de congressos e simpósios nacionais e internacionais, publicações em revistas e anais de congressos nacionais e internacionais. Organizadora e autora de livros publicados voltados para o setor de saúde

Downloads

Publicado

2021-02-08

Como Citar

Conceição, M. G., & Conceição, S. M. D. P. C. (2021). INVESTIGATION OF STRESS IN PRIMATES MAINTAINED IN ZOO AND ITS MAIN IMPLICATIONS ON BEHAVIOR AND WELL-BEING. Veterinária Notícias, 27(1). https://doi.org/10.14393/VTN-v27n1-2021-52309

Edição

Seção

Revisão de Literatura