Atividades de extensão universitária no contexto do geoprocessamento e de recursos hídricos em uma escola pública de ensino médio no município de Bagé, Rio Grande do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v19n22020-55347

Palavras-chave:

Educação, Meio Ambiente, Extensão universitária

Resumo

Este texto apresenta ações de extensão universitária desenvolvidas na Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Karlos Kluwe, no município de Bagé-RS, no âmbito do projeto “Desenvolvimento de uma base de dados da bacia hidrográfica do Rio Negro-RS”, aprovado no edital do Programa de Iniciação em Ciências, Matemática, Engenharia, Tecnologias Criativas e Letras (PICMEL) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs). O objetivo principal das ações de extensão foi capacitar os bolsistas do projeto (seis estudantes e dois professores de uma escola de ensino médio) para trabalhar com geoprocessamento nas áreas de recursos hídricos e gestão territorial. O método utilizado para o desenvolvimento do projeto constituiu-se de: a) definição de ações de extensão; b) planejamento das ações; c) realização das ações planejadas; e d) avaliação das ações realizadas. A partir da realização das ações programadas os estudantes foram capazes de elaborar as atividades propostas, auxiliando no desenvolvimento da base de dados da bacia hidrográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandro Gularte Schäfer, Universidade Federal do Pampa

Doutor em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil, professor da Universidade Federal do Pampa, Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS – ANA. Conjuntura dos recursos hídricos no Brasil: Informe 2014. Brasília, 2015. Disponível em: http://www.snirh.gov.br/portal/snirh/centrais-de-conteudos/conjuntura-dos-recursos-hidricos. Acesso em: 15 maio 2020.

ALBRECHT, E.; BASTOS, A. S. A. M. Extensão e sociedade: diálogos necessários. Em Extensão, Uberlândia, v. 19, n. 1, 2020. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/53428. Acesso em: 14 maio 2020. Doi: 10.14393/REE-v19n12020-53428.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal. Política Nacional de Recursos Hídricos. Lei nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamenta o inciso XIX do art. 21 da Constituição Federal, e altera o art. 1º da Lei nº 8.001, de 13 de março de 1990, que modificou a Lei nº 7.990, de 28 de dezembro de 1989. Brasília, DF, Diário Oficial da União, 9 jan. 1997.

DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE BAGÉ – DAEB. Caracterização e diagnóstico da bacia do Rio Negro em Território Brasileiro-RS. Contrato nº 004/2007. Bagé, 2007.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Departamento de Recursos Naturais e Estudos Ambientais. Manual técnico de uso da terra. Rio de Janeiro: IBGE, 2013.

FÓRUM DE PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS – FORPROEX. Extensão universitária: organização e sistematização. Belo Horizonte: Coopmed, 2007.

FUNDAÇÃO DE AMPARO A PESQUISA DO RIO GRANDE DO SUL – FAPERGS. Edital nº 03/2014: Programa de Iniciação em Ciências, Matemática, Engenharias, Tecnologias Criativas e Letras (PICMEL). 2014. Disponível em: https://fapergs.rs.gov.br/edital-03-2014-programa-de-iniciacao-em-ciencias-matematica-engenharias-tecnologias-criativas-e-letras-picmel. Acesso em: 10 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

SCHÄFER, A. G. Atividades de extensão universitária no contexto do geoprocessamento e de recursos hídricos em uma escola pública de ensino médio no município de Bagé, Rio Grande do Sul. Revista Em Extensão, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 60–72, 2020. DOI: 10.14393/REE-v19n22020-55347. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/55347. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência