SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS APLICADO À ANÁLISE ESPACIAL DA COVID-19 NO ESTADO DE ALAGOAS, NORDESTE DO BRASIL

Autores

  • Daniela Dantas de Menezes Ribeiro Universidade Federal de Alagoas
  • Heibe Santana da Silva Universidade Regional do Cariri

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia16056929

Palavras-chave:

Mapeamento, SIG, Alagoas, COVID-19

Resumo

No presente artigo são aplicadas diferentes metodologias e ferramentas, disponíveis no Sistema de Informações Geográficas (SIG), na análise da distribuição espacial da Covid-19 no Estado de Alagoas. Para isso, representa espacialmente os casos de Covid-19 por municípios, a densidade demográfica, a incidência por 100 mil habitantes e as taxas de mortalidade por 100 mil habitantes. Através dos métodos de figuras geométricas proporcionais, do coroplético univariado e bivariado e da técnica de anamorfose foram gerados diferentes mapas. Com isso, os resultados mostram como os produtos cartográficos podem representar o espaço geográfico, o território e as rugosidades que estão presentes em ambos os conceitos. Além disso, correlaciona os dados acima com outras questões, como econômicas e sociais, que são importantes para entender a sociedade e como suas relações ocorrem. Conclui-se que as melhorias em geotecnologias nos últimos anos foram essenciais para ampliar as possibilidades de compreensão do espaço/território, o que permite diferentes aplicações de métodos cartográficos na análise espacial do fenômeno geográfico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-10

Como Citar

RIBEIRO, D. D. de M. .; SILVA, H. S. da . SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS APLICADO À ANÁLISE ESPACIAL DA COVID-19 NO ESTADO DE ALAGOAS, NORDESTE DO BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 16, p. 397–407, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia16056929. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/56929. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos