DESCRIÇÃO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA COVID-19 NA REGIÃO SUL DO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia16054772

Palavras-chave:

Expansão epidemiológica, Epidemia pelo novo coronavírus, Prevenção e Controle

Resumo

Objetivos: Descrever o perfil epidemiológico da COVID-19 na Região Sul do Brasil, a partir do seu primeiro caso até o dia 06 de maio de 2020, e verificar como os indicadores brasileiros estão se comportando em relação às metas da OMS para sua prevenção. Método: Estudo transversal, descritivo, retrospectivo e quantitativo. Utilizaram-se porcentagem de cura, coeficiente de detecção de novos casos diagnosticados, de prevalência, de detecção e a taxa de expansão territorial. Fez-se uso de estatística descritiva e análise comparativa entre os estados da Região Sul do Brasil. Resultados: A COVID-19 teve seu início nas capitais dos estados, expandindo-se pelas suas principais rodovias. A projeção de casos da doença foi maior em Santa Catarina (1.209 casos), Paraná (1.140 casos), e menor no Rio Grande do Sul (1.096 casos). Conclusão: Há permanente expansão de casos da COVID-19 na Região Sul, sendo fundamental a manutenção das metas de prevenção da OMS pela população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-09-22

Como Citar

LOPES, L. F. D.; FARIA, R. M. de; LIMA, M. P.; KIRCHHOF, R. S.; ALMEIDA, D. M. de; MOURA, G. L. de. DESCRIÇÃO DO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA COVID-19 NA REGIÃO SUL DO BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 16, p. 188–198, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia16054772. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54772. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos