A SAÚDE DO HOMEM E SUA PERCEPÇÃO SOBRE O SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE: A UBSF E O ATENDIMENTO AO PÚBLICO MASCULINO NO BAIRRO MORADA NOVA, UBERLÂNDIA/MG

Autores

  • Marcelo Firmino Mestre, Universidade Federal de Uberlândia
  • Gerusa Gonçalves Moura Instituto de Ciências Humanas do Pontal- ICH

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia16053468

Palavras-chave:

Saúde do homem, Atenção Primária à Saúde, Promoção à Saúde do Homem.

Resumo

O homem traz consigo condições ligadas ao gênero masculino de que este não adoece, nutrindo a sensação de invulnerabilidade e a busca por serviços de saúde seria uma ação contraditória. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa é compreender os fatores que levam o homem a não procurar por serviços na Atenção Primária à Saúde, tendo como local de pesquisa o bairro Morada Nova, em Uberlândia/MG. Para sua realização, a metodologia baseou-se na revisão bibliográfica e na aplicação de um questionário com a população masculina na faixa etária de 20 e 59 anos, residente no território da Unidade Saúde da Família (USF) do bairro Morada Nova (Uberlândia/MG). Com a realização da pesquisa, pode-se verificar que a população pesquisada tem baixa escolaridade e é mais numerosa na faixa etária entre 30 e 49 anos. Todos os entrevistados dependem do Sistema Único de Saúde (SUS). Os serviços de prevenção e promoção à saúde são subutilizados pela população entrevistada, tanto que foi constado que houve uma pequena procura pela realização do exame de próstata. A USF do Morada Nova apresentou resolutividade satisfatória de agravos à saúde na visão dos entrevistados. As justificativas da recusa em participar de ações de saúde direcionadas a eles são: “não tenho tempo”, “não tenho interesse”, “trabalho”, “desconheço as atividades para o homem na USF”. Entretanto, o mesmo público também manifesta o desejo por atividades direcionadas exclusivamente a eles. Dessa forma, pode-se constatar que mesmo após dez anos do incremento da Política Nacional de Saúde do Homem, este ainda carece de serviços de promoção e prevenção de doenças, e os serviços da Atenção Primária de Saúde (APS) ainda não conseguem inserir o homem totalmente em seu rol de ações.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-29

Como Citar

FIRMINO, M.; GONÇALVES MOURA, G. A SAÚDE DO HOMEM E SUA PERCEPÇÃO SOBRE O SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE: A UBSF E O ATENDIMENTO AO PÚBLICO MASCULINO NO BAIRRO MORADA NOVA, UBERLÂNDIA/MG. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 16, p. 105–120, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia16053468. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/53468. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos